“Cura-me, Senhor e sararei; salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor.” (Jeremias 17:14)

Neste estudo, vamos aprender um pouco mais sobre como não podemos limitar o Espírito Santo que sabe a forma correta e exata para tratar com cada um de nós. Ele mesmo tem nos levado a ser curados e a ajudar outros nesse processo. Outras formas para receber cura são:


2. PALAVRA DE DEUS

Ler a Palavra de Deus nos leva a entender qual a Sua vontade para nossas vidas. É quando lemos a Bíblia que nos deparamos com as nossas falhas e percebemos que existem feridas que ainda não estão cicatrizadas. Deparamo-nos com histórias de pessoas que passaram as mesmas guerras que nós e venceram. Então, somos encorajados a vencer.

Quando lemos a Palavra, somos lidos por ela e levados a mudar nossas atitudes e comportamentos errados que, muitas vezes, são provenientes de feridas na alma que nos fazem proceder de forma errada e contrariam a vontade de Deus.

Na verdade, precisamos mais que ler a Palavra, necessitamos meditar nela de dia e de noite, com prazer, como está escrito:
“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.” (Salmos 1:1,2)

Meditar na Palavra nos leva a um entendimento muito mais profundo de Deus e de nós mesmos, quem somos, qual o nosso propósito e o amor que o Pai tem por nós, a ponto de entregar Seu Único Filho, Jesus, para morrer na Cruz. Esse amor é tão grande que nos leva a refletir que não chegamos a lugar nenhum a não ser por Ele e para Ele. Então, para quê ficar brigando com a alma se, em Jesus, temos a cura que necessitamos? É melhor nos rendermos.


3. REMOVER O VELHO PARA DAR LUGAR AO NOVO

Quando aceitamos Jesus, muita coisa muda em nós, para nós, e dentro de nós. Só que nem sempre conseguimos conceber, de imediato, o novo que o Senhor tem para nos entregar. Só recebemos o novo quando estamos abertos para remover o velho.

Jesus disse que não se coloca remendo novo em pano velho, e o mesmo acontece conosco. “Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura.” (Mateus 9:16).

Há pessoas que querem viver o novo de Deus, mas mantêm os mesmos hábitos do passado, cometem os mesmos erros de teimosia de antes e acabam não conseguindo viver a plenitude do Reino. Para receber o novo, precisamos estar dispostos a abrir mão do que não nos faz bem, entendendo que o benefício é para nós e para os que convivem conosco.

O velho e o novo não combinam no Reino porque Deus é um Deus de novidades. A Sua Palavra se renova em nós. Quando mantemos o velho, a mente fica confusa, constantemente perturbada e não conseguimos distinguir as situações de êxito que o Pai está nos oferecendo. O medo vem e assola nosso ser, causando paralisia e nos fazendo trocar o que é melhor pelo que é efêmero.


Continua...

Visualizações: 930

Plano de Leitura Bíblica

19 Out
II Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12

20 Out
II Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14
21 Out
II Crônicas 14 e 15
Ezequiel 47
João 15 e 16
22 Out
II Crônicas 16 e 17
Ezequiel 48
João 17 e 18
23 Out
II Crônicas 18 e 19
Daniel 1
João 19
24 Out
II Crônicas 20
Daniel 2
João 20 e 21
25 Out
II Crônicas 21 e 22
Daniel 3
Atos 1