Inventar a roda não foi fácil, enfeitar a roda é um talento dispensado. Assim é com o projeto da Redenção, criado em Cristo Jesus. Ficamos muitas vezes utilizando ferramentas diferentes para falarmos a mesma coisa. As frases de efeito são espetaculares, mas nenhuma delas consegue superar um versículo bíblico. A inteligência espiritual é algo fantástico, fabuloso, impactante. Eu vejo algumas pessoas que estão na Igreja há décadas e não conseguem absorver a linguagem do Reino, e conheço alguns recém convertidos que já assimilam essa nova natureza numa velocidade incrível. É como aprender um idioma, se você perder o TIME ficará mais complicado.

O novo nascimento é um segredo dos céus revelado aos homens; todos têm esse direito, mas poucos retêm essa promessa. Eu não quero assustá-lo nem julgá-lo, mas você sabia que tem muita gente que está na Igreja e não é do Reino? Estão conosco, mas não são nossos, se fossem nossos, permaneceriam conosco. Muita gente que aprendeu a falar como se aprende um idioma novo e não é cidadão? Pois é, assim também, muita gente que não tem a vida de Deus e não desfruta o novo nascimento, tem tudo à disposição, mas não se apossa. “Nem todos que dizem, Senhor, Senhor, entrarão no Reino dos Céus”, duro, mas é verdade.

O que precisamos para desfrutar essa nova vida?

METAMORFOSE – Uma mudança radical, a conhecida METANOIA – uma vida que se é formatada para deixar o passado e avançar para o futuro. “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro de esperança.” (Jeremias 29:11). Somos conceituados por Ele, por isso não podemos nos calar nem nos omitir no processo de mudança que Ele está nos propondo. Desfrutar a vida nova, esse novo começo, está ligado à nossa libertação, cura interior, restauração. Como assim?

Bem, não há como desfrutar a nova natureza, a nova vida e proclamar um novo começo aprisionado no cárcere da alma ou com cadeias opressivas no espírito. Por isso alguns processos são fundamentais. Quais?

1. Conhecer a Libertação

A libertação é um convite irrecusável para quem é nascido de novo, que deseja intensamente uma vida com Jesus e está disposto a buscar uma inovação para lograr êxito nos seus projetos. É visível quando convivemos com uma pessoa liberta e outra oprimida no espírito.

Se nossa Teologia limpa não colocar a atenção nesses problemas espirituais vão ‘psicologizar’ tudo e nós vamos assinar um fracasso ministerial.

O nosso Encontro com Deus faz um papel importante no processo libertador. Se perdermos essa unção, assinaremos o fracasso na conquista de vidas transformadas.

Não estamos pedindo uma ajudazinha ao Espírito Santo, estamos desfrutando a promessa da Sua Palavra. “O Espírito do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, a pregar liberdade aos cativos, e restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.” (Lucas 4:18,19)

2. Conhecer a Cura Interior

A Cura Interior não é um presente embrulhado com um conteúdo falso. É verdade que Ele veio para curar as feridas da alma e tirar as opressões que afligem as gerações por cadeias diferentes de demônios. “Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele.” (Atos 10:38)

Quando Jesus fez o convite do“Vinde a Mim”, Ele sabia que tinha uma geração cansada e sobrecarregada. Este texto é clássico para quem quer entender a cura interior e desfrutar o alívio que só Jesus promove: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.” (Mateus 11:28,29)

3. Conhecer a Restauração

Conhecer a Restauração! Essa é a palavra chave. Afinal, quem não quer ser restaurado? Sempre existe uma área da nossa vida que precisa de reparo, concorda? Você pensou nela agora mesmo. Veja se não seria mais fácil viver sem essa ingerência. Será que isso é possível? Claro que sim! Começar a vida escravo de um passado, uma sentença, uma palavra, uma imagem mental, é o mesmo que entrar no oceano em um navio com o casco furado, chega uma hora que, ele vai afundar.

O delicioso na libertação, cura e restauração é que essas áreas danosas são reparadas, e podemos entrar em qualquer ambiente sem nenhuma acusação na nossa direção, plenamente livres. A promessa de Jeremias 8 é a de que Deus vai restaurar as feridas do Seu povo e colocar sobre elas o bálsamo de Gileade.

Novo começo. Sim, desfrutando a nova vida. E é delicioso você tramitar nos seus espaços geográficos sem nada, nem no mundo físico, nem espiritual, sem acusação. Se nos apossarmos dessas promessas, certamente nos tornaremos testemunhas vivas do amor de Deus e uma esperança para os que estão observando se de fato somos quem dizemos ser.

Continua...

Visualizações: 1009

Plano de Leitura Bíblica

15 Jul
1 Samuel 29 e 30
Jeremias 5
Mateus 16
16 Jul
1 Samuel 31
Jeremias 6
Mateus 17
17 Jul
2 Samuel 1
Jeremias 7
Mateus 18
18 Jul
2 Samuel 2
Jeremias 8
Mateus 19
19 Jul
2 Samuel 3
Jeremias 9
Mateus 20
20 Jul
2 Samuel 4 e 5
Jeremias 10
Mateus 21
21 Jul
2 Samuel 6
Jeremias 11
Mateus 22