“Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.” (Efésios 4:1-3)

“Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei.” (Josué 1:5)

O homem de Deus que não negocia a chamada que recebeu é aquele que entende que se tornou digno pela misericórdia e compaixão do Pai, e ainda assim se mantém em humildade e mansidão, tratando o outro com respeito e não ostentando a posição que ocupa no Reino.

Você precisa estar convicto de quem você é. Essa verdade precisa entrar em sua alma para que você não se perca no meio do processo. Debaixo da convicção de quem você é em Deus, ninguém poderá detê-lo todos os dias da sua vida.

Algumas atitudes são imprescindíveis para que nos mantenhamos firmes e sem negociar a nossa chamada, e a principal delas é perseverarmos em oração e jejum, e na leitura da Palavra, mantendo-nos firmes no amor do Pai.

1. Trabalhar a chamada

A chamada é feita para todos. Porém, toda chamada precisa ser perseguida, trabalhada. A chamada alcançará êxito se você não permitir que nada roube a sua promessa. Não se satisfaça com o que você já conquistou, pois Deus tem mais para a sua vida.

Não negocie a chamada! Tenha o entendimento de que a chamada é o presente de Deus e que precisa de um plantonista por 24 horas. O próprio Deus é o Guardião da promessa. Não seja relapso com a chamada que Deus lhe deu. A chamada é irrevogável e, para se tornar real, precisa ser trabalhada. Por ser um território entregue por Deus, deve ser trabalhada para que frutifique e o êxito aconteça.

Esse território pode ser emocional, afetivo, psicológico, físico, em todas as áreas, porque envolve a sua essência de gente, mas, acima de tudo, é um território espiritual que abrange o indivíduo, o social, o familiar e tudo o que diz respeito à conquista.

Toda chamada é territorial. Quando Deus dá uma chamada, Ele diz o que é e para que é a chamada. Quando Ele entrega esse território, se você não vigiar, alguém vai querer tomá-lo das suas mãos. Não existe território desocupado e hoje Deus quer lhe dar ousadia para que você conquiste o território trabalhando a sua chamada.

Você é um homem de Deus! E, com certeza, já recebeu este título que é o maior que um homem pode receber: Ser chamado de homem de Deus, de referencial, de modelo, etc. Agora, lembre-se de que você só consegue ser referência quando alguém é uma referência em sua vida. O que você tem feito como o guardião da chamada? Pense nisso! Você tem uma chamada territorial e precisa se tornar o guardião desse território.

2. Vencer os sentimentos

Talvez você olha para a sua vida e veja que tem um estigma de conceitos totalmente adversos à promessa. Talvez no passado você tenha sido uma pessoa que foi flechado pela imoralidade, pela mentira, e por tantas outras situações que envolviam alguém com um caráter deturpado. Mas agora precisa entender que você está inserido em um novo contexto, o contexto espiritual.

Deus é um Deus de Amor e como Pai, Ele sabe o seu valor como filho. E para Deus, o valor de um filho, é inegociável e por isso fez a você uma chamada específica, que pode ser classificada como uma chamada que só precisava ser trabalhada. Então, da sua parte, zele para que nunca mais a sua velha natureza predomine. Não permita que nada entre e possa macular a chamada ou retardar a promessa que há sobre a sua vida.

Vença os sentimentos nocivos que queiram impedir você de trabalhar a chamada e manter a sua integridade. Não permita que espíritos de imoralidade, confusão, mentira, arrogância e insegurança entrem na chamada. Mantenha-se firme naquilo que o Senhor chamou você para cumprir.

E naquilo que porventura você possa ter falhado, lembre-se de que Deus é Poderoso para consertar a história e dar novo crédito à sua chamada. Ele pode restituir você hoje, só depende da sua decisão em renovar a sua aliança com Aquele que tem confiado em você.

Continua...

Visualizações: 1119

Plano de Leitura Bíblica

10 Dez
Jó 12
Naum 1 e 2
Tiago 5
11 Dez
Jó 13
Naum 3
I Pedro 1
12 Dez
Jó 14
Habacuque 1
I Pedro 2
13 Dez
Jó 15
Habacuque 2
I Pedro 3 a 5
14 Dez
Jó 16 e 17
Habacuque 3
II Pedro 1 e 2
15 Dez
Jó 18 e 19
Sofonias 1
II Pedro 3
16 Dez
Jó 20
Sofonias 2
I João 1 e 2