“Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo, por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.” (Romanos 5:1-4)

A santidade é a expressão do caráter do Reino. É o compromisso que temos com Deus, com o Reino e com as pessoas, sejam do Reino ou não. Não podemos falar de santidade sem falar de caráter. Caráter é uma vida de plena transparência.

Todos nós somos como uma casa de vidro, quem não quiser receber pedrada em seu telhado, não dê pedrada no telhado do outro. Cuidado com as pedras que você joga.

Quantas vezes você libera palavras que sabe que vão ferir os outros, vão causar maldição, tristeza, vão quebrar os princípios? Algumas coisas na vida nunca voltam atrás, como:

- Uma pedra lançada

Uma pedra lançada pode ser representada por uma palavra que você libera. Jesus disse que seremos julgados pelas nossas palavras. Uma pessoa que tem o caráter curado tem cuidado com a sua linguagem. Muito cuidado com as pedras que você lança, com o destino que você tem dado a elas.

- Uma oportunidade perdida na vida

Quantas vezes, Deus coloca diante de nós uma oportunidade de ouro e nós não aproveitamos! Deus quer curar a nossa boca para que tenhamos uma linguagem curada e liberemos palavras de vida e edificação, porque para isso fomos chamados.

Quando falamos de caráter, estamos falando que existe um compromisso que precisa ser cumprido para revelar que já somos tratados. O caráter que está ligado a Cristo Jesus exige um resultado. Jesus é o Senhor que começa uma obra e termina. Ele diz que aquele que começou a boa obra na sua vida vai concluí-la até a vinda de Cristo Jesus (Filipenses 1:6).
Tudo na vida tem um salário. Quem trabalha, no final do mês, recebe o salário pelo que foi produzido. A Bíblia diz que o salário do pecado é a morte. O pecado que cometemos pode levar-nos a vários estágios de morte, e é por isso que a Bíblia diz que não devemos pecar. Precisamos entender que tudo aquilo que fazemos tem uma paga, tudo o que o homem planta, colhe. O que planta na carne colhe morte, mas o que planta no espírito colhe a vida de Deus. “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.” (Gálatas 6:7,8)

Nossa vida é resultado de uma tremenda semeadura, por isso o nosso caráter deve ser límpido, depurado para que, em tudo que fizermos, tenhamos sempre um resultado positivo, abençoador. Não há como ser mau caráter e santo ao mesmo tempo.

A Igreja de Jesus é a única que tem condições de viver um caráter perfeito e irrepreensível, porque tem o Espírito Santo da promessa, e é pelo Santo Espírito que mortificamos as obras da carne. “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.” (Romanos 8:13)

O mundo tem vários tipos de caráter

1. Caráter social do homem comum

O homem comum tem mau-caratismo. Para ele, é normal procurar uma mulher para viver uma aventura, porque esse é o padrão do mundo, é o padrão de quem está com o caráter totalmente corrompido e desprovido de santidade.

O mundo está descaracterizado e, por isso, os jovens e muitas outras pessoas fazem qualquer coisa que fere os princípios divinos, que vai de encontro à santidade de Deus, achando que isso é muito natural. Deus está ajustando o caráter da Sua Igreja para que ela seja o modelo e o padrão para os fiéis e para o mundo.

2. Caráter do homem secular

O homem secular vive inflamado por conceitos que alimentam a sua alma, o seu desejo, os desatinos do seu coração. É por isso que muitos vivem debaixo de opressão, de resultados negativos, porque o mundo secularizado absorveu a mente do anticristo e caminha como se tudo fosse natural.

3. Caráter da mídia nociva

A mídia tem muita informação boa, sim, mas sabemos que trabalha no caráter do povo, principalmente no caráter dos adolescentes e jovens para deformar uma geração. A mídia é a grande aliada do anticristo, porque, em questão de minutos, consegue passar padrões e conceitos que tentam deformar o que é eterno.

A mídia tem sido um pivô de destruição da família, dos valores e dos princípios de Deus. Nós, como Igreja do Senhor Jesus, não podemos aceitar esse caráter deformado. Vamos dizer não para essa sedução demoníaca. Vamos declarar que o caráter social do homem comum, do homem secular, e a mídia nociva não são nosso padrão.

Renunciamos esse tipo de caráter para absorver o caráter perfeito de Cristo Jesus. Deus é Santo! Ele nos chamou e nos elegeu desde a fundação do mundo para sermos santos e irrepreensíveis diante dEle, em amor (Efésios 1:4).

Continua...

Visualizações: 1249

Plano de Leitura Bíblica

10 Dez
Jó 12
Naum 1 e 2
Tiago 5
11 Dez
Jó 13
Naum 3
I Pedro 1
12 Dez
Jó 14
Habacuque 1
I Pedro 2
13 Dez
Jó 15
Habacuque 2
I Pedro 3 a 5
14 Dez
Jó 16 e 17
Habacuque 3
II Pedro 1 e 2
15 Dez
Jó 18 e 19
Sofonias 1
II Pedro 3
16 Dez
Jó 20
Sofonias 2
I João 1 e 2