“E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor. E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito.” (Êxodo 12:12,13)

O que é a unção territorial? É uma autoridade, uma autorização legítima no mundo espiritual de que aquele território agora pertence a Jesus e que estamos autorizando, legitimando o território e dizendo a quem ele pertence. Essa unção é um Ato Profético que limpa os céus da nossa geografia.

Antes de ungir um local, devemos ensinar princípios, porque Deus pode trazer a prosperidade, mas a pessoa pode não pagar os tributos do Senhor, os dízimos, as ofertas, as primícias, não ser fiel e ainda usar os afazeres de casa ou o comércio para fugir da Casa de Deus e deixar de participar das convocações que mudam a sua vida e renovam a sua fé.

Se isso acontecer, o local não deveria ter sido ungido, porque toda pseudobênção que vier do Céu se tornará veneno que pode matar. Quantos líderes ungiram empreendimentos e hoje os seus donos não estão mais na Igreja!

QUANDO BÊNÇÃO VIRA MALDIÇÃO

O que seria bênção pode virar maldição e o que seria remédio pode virar veneno. Precisamos descobrir com que intenção as pessoas estão pedindo para ungir as casas e os empreendimentos. Mas como vamos ungir uma casa onde a mulher tem desvios no caráter e não obedece ao marido porque é um adúltero?

Aquela unção, com certeza, será uma porta aberta para demônios e o lugar será pior do que era antes. “Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros...” (Mateus 12:45). É isso que ocorre quando damos autorização equivocadamente. Não existe nada que por trás não tenha uma legalidade. O remédio vira veneno, a bênção vira maldição. Não podemos brincar com coisas sérias.

Você sabe que o dinheiro que você tem é Deus quem lhe dá? Se você colocar o dinheiro em alguma coisa que for maldição, tudo fica em maldição. Se você investe em bênção, debaixo da consulta de pessoas responsáveis, haverá bênção. Nós não estamos muito preocupados com o que Deus pensa e, por isso, colhemos consequências que não queremos. Há muita gente sofrendo, porque quebrou princípios e não sabe se converter, se arrepender e fazer exatamente aquilo que Deus manda.

UNJA A SUA CASA

Toda casa precisa ser legitimada, pois quando legitimamos, bloqueamos a ação do anjo do mal. Deus disse que só há uma forma de ser bloqueada a ação do anjo da morte e da maldição, de tirar o pranto e a dor: ungir a casa. “E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor. E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito.” (Êxodo 12:12,13)

Se você quer viver muito, tem que entender que os lugares onde habita têm que estar abençoados. Sua casa, depois do Céu, será o lugar mais abençoado, será o Céu na Terra. Sua casa será o melhor lugar para viver. Viveremos aqui na Terra essa grandiosidade dos Atos Proféticos e os usaremos para trazer conserto nas casas e tirar o anjo do julgamento da nossa mira.

Os Atos Proféticos limpam os céus da nossa geografia e esta é a unção territorial: uma autorização. Nós dizemos aos anjos que eles estão autorizados a cuidar da nossa casa e isso é uma ação profética de autoridade que abre portas inimagináveis. Muitos viverão o inimaginável de Deus, com portas abertas, porque toda nossa família viverá o novo do Eterno.

HOMEM E MULHER DE DEUS

Dentro de todas as nossas atividades, a melhor função que pode existir é a de homem de Deus, onde Deus fala conosco, falamos com o povo, e a nossa casa é sede de avivamento. Hoje administramos pessoas tolas, reclamando de falta de atenção, porque o cônjuge ou os filhos, ou ambos ficam muito tempo na Igreja. Antes eram os filhos que sentiam falta dos pais, agora, além dos filhos, têm também mulheres falando isso para o marido.

Mulher, se esse é o seu caso, louve a Deus por seu marido gostar de ir e de estar na Igreja, porque eu conheço homens que ficam em um bar o dia todo e outros que ficam no motel, e outros lugares que não são de honra. Se o seu marido está na presença de Deus, aplauda a Deus por isso.

Homem, se sua esposa decidiu ficar na presença de Deus quando você queria que ela estivesse mais em casa, agradeça, porque uma mulher desviada, até o cão tem medo dela. Pode parecer engraçado, mas é verdade.

Abri esse adendo, pois conheço vários casais que reclamavam pelo fato do cônjuge dedicar tempo demais a Deus e à Igreja, e, infelizmente, alguns desses, e não são poucos, desviaram-se e tornaram-se uma vergonha. Agora a mulher fica chorando e se lamentando porque reclamava tanto... O homem se arrepende porque falou duras palavras... Tarde demais!

Pai e mãe precisam consertar a cabeça dos filhos, porque o mundo traz perturbação. Então, vamos fazer Atos Proféticos onde a nossa casa e o ambiente de trabalho se tornarão um lugar de segurança. Viveremos esse sobrenatural de Deus!

Não existe lugar melhor do que os Átrios do Senhor. Temos mesmo é que ser apaixonados o suficiente para saber colocar o foco em Deus e na Sua Casa, sem perder o foco da nossa casa.

É preciso haver respeito. Mulher respeitar marido. Marido respeitar esposa. Pais respeitarem os filhos e levá-los para o Altar, de forma a mergulharem na presença de Deus. Nossos filhos precisam começar a experimentar um novo tempo na vida deles a partir de nós. Dessa forma, seremos uma cumplicidade ministerial.

Começará uma revolução no mundo espiritual na nova geração. As nossas casas viverão o legado do Senhor, porque os nossos filhos são herança bendita. A família deve ser partícipe e todos devem caminhar em unidade.

Continua...

Visualizações: 7749

Plano de Leitura Bíblica

23 Abr
Deuteronômio 6 e 7
Eclesiastes 2
João 19
24 Abr
Deuteronômio 8 e 9
Eclesiastes 3
João 20 e 21
25 Abr
Deuteronômio 10 e 11
Eclesiastes 4
Atos 1
26 Abr
Deuteronômio 12
Eclesiastes 5
Atos 2
27 Abr
Deuteronômio 13 e 14
Eclesiastes 6
Atos 3 e 4
28 Abr
Deuteronômio 15
Eclesiastes 7
Atos 5 e 6
29 Abr
Deuteronômio 16
Eclesiastes 8
Atos 7