“Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” (Apocalipse 3:11)

Na nossa vida cristã precisamos ter algumas ações para vencer. Apocalipse diz que devemos guardar a coroa da nossa Salvação, isso significa que se não vigiarmos, podemos colocar em risco a Salvação. Contudo, nosso alvo é o Céu, nossa chamada é para vivermos em plena comunhão, com abundância de vida.

Na parte final deste estudo, você aprenderá outros passos para agir corretamente e obter vitória em todas as áreas da sua vida.


5. VIVER OS PRINCÍPIOS
“Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; e estando prontos para vingar toda a desobediência, quando for cumprida a vossa obediência.” (II Coríntios 10:4-6)

Ninguém consegue ser agente de mudança se não viver pelos Princípios Bíblicos. No mundo de hoje, quando o homem vale mais pelo que tem do que pelo que é, de acordo com o capitalismo, temos que mostrar que somos a expressão da glória de Deus e vivemos para servir o Deus Vivo.

Nosso Deus é Justo e Fiel! Ele compensa e recompensa os que vivem sem negociar o que têm de mais precioso na Terra: a Salvação. Tudo o que construímos pelos princípios permanece de pé, mas quem não vive por eles está fadado à ruína.

Viver os princípios fala de não se deixar persuadir pelas construções de raciocínio que vão de encontro à Palavra de Deus e não ser enganado por este mundo que jaz no maligno. Antes, precisamos deixar que o poder de Deus, que em nós opera, flua de nossas vidas para transformar a vida de outros.

6. AGIR COM SANTIDADE
“Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver.” (I Pedro 1:15)

Muitos afirmam viver em santidade, discursam sobre ela, mas, na prática, deixam muito a desejar. Suas atitudes mostram que realmente o deus deste século lhes cegou o entendimento. E quando isso acontece, a Bíblia tem um nome: incrédulos, como está escrito em II Coríntios 4:4. “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.”

Nós, que temos Jesus no coração, devemos ser diferentes e agir em santidade. Isso implica todo o nosso procedimento, ou seja, em tudo, precisamos ser santos. Afinal, quem nasceu de novo, recebe uma mente renovada e transformada pela Palavra de Deus.

No Reino de Deus, não há meio termo. Ou somos, ou não somos. Não servimos a Deus pela metade, pois Ele mesmo diz que a Sua glória não é dividida. Logo, ou somos santos, ou não somos.

Agir em santidade é não compactuar com os erros, argumentos e pecados. Não podemos aceitar o imoral como moral, o profano como santo, a mentira como verdade. “E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro.” (Ezequiel 44:23). Pecado é pecado, tem nome, e o pecador precisa ser confrontado para haver mudança.

Cristãos são descendentes de Cristo, e devem ser santos em toda a sua maneira de viver, como declara I Pedro 1:15. Se temos a mente de Cristo e somos cidadãos dos Céus, nossas ações devem ser pautadas na santidade.

Infelizmente, temos visto muito pecado no arraial. Quem deveria ser exemplo nas atitudes tem sido vergonha. Meu Deus, onde vamos parar?! Se a chamada é santidade, temos que viver e agir em santidade.

7. SER IGREJA DE CRISTO
“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16)

Ser Igreja de Cristo é entender que somos templo do Espírito Santo. Somente sob esse entendimento, viveremos a plenitude do que o Pai tem para nós e nos levantaremos com ousadia contra os fundamentos que o mundo nos impõe.

A forma de vencer é saber que fazemos parte do Reino de Deus e não temos parte com o reinado do anticristo. Somos discípulos de Jesus e não cederemos aos prazeres deste mundo que insiste em nos seduzir para vivermos fora do arraial.

Não erraremos o caminho que nos está proposto. Nossa missão é muito linda! Somos comissionados a levar milhares de milhares a Cristo, não pelo que falamos, mas pelo que vivemos. As pessoas precisam ver que somos a Igreja de Cristo na Terra. As pessoas precisam ver que, mais que falar de Jesus, vivemos esse Jesus, porque Ele habita dentro de nós.

Como Igreja de Cristo, vamos construir o Reino de Deus por onde formos, pois somos profetas usados por Deus para revelar o que está escondido para aqueles que ainda não caminham nos mesmos passos que nós.

Levaremos salvação, libertação, cura, restauração, tomaremos a posição que nos é devida e avançaremos. Veremos o resultado da vida de Deus na nossa vida, formaremos outros com a mentalidade de Cristo, que terão prazer em viver a Palavra de Deus e se alegrarão em ir à Casa do Senhor.

A Igreja de Cristo precisa reagir!

Visualizações: 3550

Plano de Leitura Bíblica

25 Dez
Jó 34
Zacarias 10
Apocalipse 10 e 11
26 Dez
Jó 35 e 36
Zacarias 11
Apocalipse 12 e 13
27 Dez
Jó 37
Zacarias 12
Apocalipse 14
28 Dez
Jó 38
Zacarias 13 e 14
Apocalipse 15 e 16
29 Dez
Jó 39
Malaquias 1
Apocalipse 17 e 18
30 Dez
Jó 40
Malaquias 2
Apocalipse 19 e 20
31 Dez
Jó 41 e 42
Malaquias 3 e 4
Apocalipse 21 e 22