“Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2:10)

No Reino de Deus, quem não consegue ser fiel prova que não tem fé. A Igreja de Jesus é uma Igreja de fé, por isso é composta de fiéis, pessoas que desenvolvem fidelidade. Todos nós que estamos no Reino, temos a obrigação de ser fiéis.


3. Comendo o alimento certo

Comer o alimento certo é um dever do servo de Deus. O servo de Deus pode padronizar o tipo de alimento que ingere. A Palavra nos ensina a examinar tudo e reter apenas o que é bom. “Examinai tudo. Retende o bem.” (I Tessalonicenses 5:21). Isso significa experimentar tudo o que é do Reino e reter do Reino aquilo que é bom para aquele momento. Não significa comer qualquer coisa ou engolir qualquer veneno.

Deus nos manda experimentar das coisas do Reino e decidir o que é melhor para aquele momento. Ele quer nos manter sadios. Quando se experimenta que Deus é bom, vai-se conhecer a salvação dEle, específica para cada realidade. O Senhor está cuidando de nós, mas há determinados tipos de alimentos que o organismo rejeita, apesar de muitas vezes a pessoa insistir em comê-los. Nem toda comida é alimento. Não devemos deixar-nos seduzir por algo que faz mal. Se formos disciplinados, podemo-nos alimentar bem sem precisar nos envenenar. Portanto, para que estejamos alimentados e estruturados no nosso nível de fé, temos que comer algo sadio; não podemos engolir qualquer coisa.

Se comermos algo que não vem do Reino, o organismo espiritual rejeitará, porque no nosso espírito só há recepção para coisas sagradas e divinas. Deus disse que devemos escolher o tipo de comida que comemos e o tipo de água que bebemos; Ele é o Pão e a Água da vida; quem dEle come e bebe, jamais terá fome e jamais terá sede (João 6:35). Ninguém pode misturar Jesus com outras coisas. Jesus é alimento suficiente, puro, nutritivo e que mantém o nosso organismo em ordem. Alguns crentes, até cheios do Espírito Santo, envenenam-se com certas heresias que perturbam a relação e a comunhão com Deus. O alimento do crente é oração, leitura da Bíblia e ouvir boas ministrações.

Se devemos saber selecionar o que vamos comer no aspecto físico, quanto mais no sentido espiritual. Os filmes que assistimos, a programação, que é estimulada pela mídia, é perigosa porque é feita para alimentar o ímpio. Não somos daqueles que nos sentamos à mesa para comer qualquer tipo de comida que o diabo coloca. Deus serve um banquete celestial para os Seus filhos. Portanto, devemos escolher uma ou outra, já sabendo que se nos alimentarmos do que Ele nos oferece, jamais teremos fome ou sede.

Além disso, a leitura, a música e os vídeos também precisam ser selecionados. A música é um dos instrumentos mais utilizados hoje para perverter vidas e que mais move o coração do povo. A Palavra de Deus é alimento para o filho de Deus. “Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.” (Salmos 119:103). O Senhor diz em Joel 2:24-26: “E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. Assim vos restituirei os anos que foram consumidos pela locusta voadora, a devoradora, a destruidora e a cortadora. Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor que tem procedido para convosco maravilhosamente; e o Meu povo, nunca será envergonhado.”

O que estamos ingerindo é a direção para nos manter vivos, enfermos ou mortos? O alimento que comemos está servindo para nos manter vivos e sadios? Ovelha não come qualquer coisa, só come capim selecionado. Existem crentes que já morreram espiritualmente não conseguindo mais ver nem entender as questões do Reino de Deus, porque têm-se alimentado de comida que não é boa nem saudável para a sua estrutura de fé e vida com Deus.

Deus tem mostrado que precisamos da direção correta para comer, ou seja, comer a boa comida do Reino de Deus. Quando se come alimento do Reino, a nossa fé se torna sadia. Ter fé sadia é estar aguçado no Espírito; é saber discernir espiritualmente sobre cada situação, sabendo o que é e o que não é de Deus. Ingerir alimento errado pode provocar morte coletiva. Ao injetarmos a fé de uma forma errada em uma comunidade, essa comunidade poderá morrer em fé. Uma comunidade morta na fé é uma comunidade sem expressão, fria, descomprometida, que não tem experiência vivida com o Pai; é como se cada um andasse na força do braço ou na força intelectiva.

Devemos comer a comida certa, alimentarmo-nos do correto, do leite genuíno. Quem ainda for criança e estiver começando sua caminhada, precisa do básico, do leite espiritual. Nunca se pode começar por onde o outro termina e nunca se dá o segundo passo se ainda não se deu o primeiro. É preciso fazer a caminhada gradativa, entendendo que o Reino de Deus é organizado.

É necessário manter no coração o desejo de ter do Senhor o leite puro para que haja crescimento espiritual correto. Não se pode começar comendo o que não é próprio para o momento. Precisamos de leite para os primeiros passos a fim de podermos caminhar seguros. Um recém-nascido não pode iniciar sua alimentação ingerindo feijão. É claro que não podemos ficar apenas no leite, mas também não podemos começar sem ele. Só se prova que o Senhor é bom através do leite dEle; quem toma o leite do Senhor, sabe que o próximo alimento que receberá é coisa nobre. O leite espiritual faz o crente desenvolver a fim de que conheça a salvação.

Deus nos dá muitas ferramentas para vivermos em fé, e todas estão disponíveis na Palavra. Se O buscarmos, teremos êxito em tudo o que fizermos. É só correr para buscar socorro no Todo-Poderoso, Ele não nos desampara jamais.

Visualizações: 1418

Plano de Leitura Bíblica

15 Ago
I Reis 10
Jeremias 36
Marcos 10
16 Ago
I Reis 11
Jeremias 37
Marcos 11
17 Ago
I Reis 12
Jeremias 38
Marcos 12
18 Ago
I Reis 13
Jeremias 39
Marcos 13
19 Ago
I Reis 14
Jeremias 40
Marcos 14
20 Ago
I Reis 15
Jeremias 41
Marcos 15
21 Ago
I Reis 16
Jeremias 42
Marcos 16