A Festa de Purim foi celebrada nos dias 25 e 26 de Fevereiro. Mais uma vez, relembramos essa narrativa bíblica que trata da salvação de Deus diante de uma trama para exterminar o povo judeu.

Celebrar Purim é uma atitude profética muito oportuna nos tempos desafiadores que estamos vivendo. Ainda que nossos inimigos sejam outros: Doença, luto, medo... temos a certeza de que o Senhor nos dará a vitória.

Este ano, a Rede de Crianças não pode cumprir a tradição de celebrar Purim na Igreja, como faz todos os anos, mas realizou uma live, no dia 26, direto do Espaço Coração de Criança, no MIR. Teve louvor e dança - respeitando o distanciamento social - exaltação a Deus e ministração para as crianças e suas famílias. “Purim celebra o Deus que muda a nossa sorte e que nos dá vitória e livramento e é exatamente isso que precisamos nesse momento”, disse a Apóstola Regina Vasconcelos, líder da Rede.

Um resumo de Purim:

A história, contida no livro de Ester, fala de um homem chamado Hamã, inimigo do povo judeu, que se revoltou contra Mordecai, o líder dos judeus (e primo de Ester), que desafiou as ordens do rei e se recusou a inclinar-se perante Hamã, o qual, ofendido, convenceu o rei a emitir um decreto ordenando o extermínio de todos os judeus.

Porém, Mordecai reuniu todos os judeus, convencendo-os a se arrependerem, jejuarem e clamarem a Deus, enquanto Ester interveio pelo seu povo. Hamã foi enforcado, Mordecai foi nomeado primeiro ministro no lugar dele, e foi emitido um novo decreto – concedendo aos judeus o direito de se defenderem contra seus inimigos.

Visualizações: 515

Plano de Leitura Bíblica

27 Dez
Jó 37
Zacarias 12
Apocalipse 14
28 Dez
Jó 38
Zacarias 13 e 14
Apocalipse 15 e 16
29 Dez
Jó 39
Malaquias 1
Apocalipse 17 e 18
30 Dez
Jó 40
Malaquias 2
Apocalipse 19 e 20
31 Dez
Jó 41 e 42
Malaquias 3 e 4
Apocalipse 21 e 22
01 Jan
Gênesis 1 e 2
Salmos 1 e 2
Mateus 1 e 2
02 Jan
Gênesis 3 e 4
Salmos 3 a 5
Mateus 3 e 4