“Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos.” (II Coríntios 5:7)

A Bíblia nos ensina sobre a importância de crescermos em fé. Sem fé é impossível agradar a Deus. Nessa série de estudos sobre fé, vamos aprender sobre mais dois tipos de FÉ para nos aproximarmos ainda mais de nosso Pai.


7. FÉ como manifestação de compromisso

Você lembra da “caixa de promessa”? Provavelmente você já deve até ter feito uso dela. Hoje eu quero apresentar a sugestão de produzir a “caixa de compromisso”. Sabemos que, como povo de Deus, temos inúmeras promessas, mas vejo que falta para a Igreja de Jesus o compromisso. A FÉ como manifestação de compromisso nos faz aprender como funciona o Reino de Deus. A Bíblia diz: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei; tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.” (Mateus 11:28,29). Aprender de Cristo é disciplina, mas muitas vezes não queremos ser disciplinados; queremos receber e nunca dar, não queremos o compromisso que a fé requer.

“Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei” – é uma promessa. “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim” – é um compromisso. Não podemos esquecer o compromisso nos prendendo apenas à promessa. Reino de Deus não funciona sem compromisso, que é justiça. “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas as demais coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33)

Veja que linda promessa: “O sangue de Jesus Cristo, o Filho, nos purifica de todo o pecado.” (I João 1:5,6). O versículo começa com um compromisso: “Se andarmos na luz, assim como Ele na luz está, o sangue de Jesus Cristo, o Filho, nos purifica de todo o pecado.” Quem quer ser purificado tem que andar na luz.

Promessa sem compromisso não faz parte do Reino, porque o Reino de Deus é integral! Quer ser cheio de fé? Não perca a visão do compromisso. A promessa de Deus é completa, é para todos, mas para alguns falta responsabilidade. Neste Reino, todos devem ser comprometidos.


8. FÉ como manifestação da vida do Reino

Para quem está no Reino, não existem duas opções. Ou é Reino ou é Reino! “Porque sei em quem tenho crido e estou bem certo de que é poderoso para guardar o meu tesouro até o dia final.” (II Timóteo 1:12). É preciso ter consciência de que o Espírito Santo habita dentro de mim gestando a fé, o ânimo e a coragem necessários para a sobrevivência diante das intempéries do dia a dia.

“Não sabeis vós que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós e, se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá, porque sagrado é o santuário de Deus que sois vós.” (I Coríntios 3:16,17)

O Apóstolo Paulo nos exorta para que não tenhamos nenhuma comunhão com os incrédulos. “Oh! Coríntios, a nossa boca está aberta para vós, o nosso coração está dilatado, não estais estreitados em nós, mas estais estreitados no vosso próprio afeto; ora em recompensa disto, falo como a filhos, dilatai-vos vós também, não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos, pois que sociedade tem a justiça com a injustiça, ou que comunhão tem a luz com as trevas? Que harmonia há entre Cristo e Belial (Satanás)? Ou que parte tem o crente com o incrédulo? E que consenso tem o santuário de Deus com os ídolos? Pois vós sois o santuário do Deus Vivo, como Deus disse: neles habitarei e entre eles andarei, e Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo, pelo que saí do meio deles e separai-vos, diz o Senhor e não toqueis em coisa imunda e Eu vos receberei e serei para vós Pai e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor o Todo Poderoso.” (II Coríntios 6:15-18)

Não queira mudar os princípios de Deus, estribando-se nos próprios conhecimentos. A Bíblia diz que não devemos coxear entre dois pensamentos: Se Deus é o Senhor, decida por Ele! Não existe tese que mude o que Deus falou. Ele disse que habitaria entre nós, seria nosso Deus e nós seríamos o Seu povo. Que maravilha, poder fazer parte do Reino de Deus.

Não se pode mudar o que Deus escreveu; portanto, para ser próspero, alegre e feliz, cheio de ânimo e da fé do Reino, não há uma outra saída a não ser a entrada nEle. Aquele que entra pelos seus próprios caminhos colhe as consequências da desobediência. Não seja tolo, você é filho dAquele em quem reside toda a sabedoria; Ele encaminha você na verdade e justiça. A manifestação do Reino é uma verdade incontestável, não há como voltar atrás.


Continua...

Visualizações: 1378

Plano de Leitura Bíblica

18 Out
II Crônicas 9
Ezequiel 44
João 11

19 Out
II Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12
20 Out
II Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14
21 Out
II Crônicas 14 e 15
Ezequiel 47
João 15 e 16
22 Out
II Crônicas 16 e 17
Ezequiel 48
João 17 e 18
23 Out
II Crônicas 18 e 19
Daniel 1
João 19
24 Out
II Crônicas 20
Daniel 2
João 20 e 21