O Musical Voltamos! teve as duas primeiras apresentações neste Sábado, 25 de Dezembro, no Templo MIR.

O espetáculo, com teatro, música e dança, trouxe revelações sobre verdades escondidas na festa de Natal, tida como uma celebração que agrada a Deus, mas que é pagã e de idolatria a demônios.

Ao longo das encenações, os espectadores compreenderam que símbolos como árvores, guirlandas, e Noel ressuscitam deuses pagãos e são pontos de contato com as trevas.

Porém, todo engano deve ser desfeito pelo conhecimento da verdade, pois não há nada oculto que não seja revelado pela luz.

“Sem perceber, chamamos falsos deuses para entrar, entregando nossas casas como se fossem altares para eles. Noel é adorado como ídolo, nos engana com a esperança de nos presentear, mas, por trás da barba e da roupa vermelha, está um principado de engano que nos pega pela inocência. E a verdade vai voltar a brilhar!”, declarava o trecho de uma das músicas apresentadas.


Festa de Hanukah

O musical convidou todos a substituírem a comemoração pagã do Natal pela Festa de Hanukah, dedicada ao Deus Único e Verdadeiro.

Também chamada de Festa das Luzes, essa celebração relembra um tempo em que foram colocados outros deuses no Templo de Deus, sacrificadas imundícies sobre o Altar, e profanados objetos de adoração; mas os macabeus decidiram que iam lutar, levantaram um exército, foram vitoriosos e rededicaram o Templo ao Deus de Israel.

Porém, não havia óleo para acender toda a menorah, mas um milagre aconteceu. Colocaram o óleo achando que logo iria acabar, mas passaram 8 dias e o óleo ainda estava a queimar.

E é esse milagre que é lembrado toda vez que celebramos Hanukah, a Festa das Luzes.


O milagre que precisamos

Além de mostrar o verdadeiro significado do Natal e de Hanukah, o musical também retratou a vida de pessoas que vivem problemas familiares, e tantos outros desafios como angústia, depressão e a perda de pessoas queridas pela pandemia de Covid 19.

O mesmo Deus que fez o milagre de Hanukah é o Único que pode transformar, trazer força, começar de novo, estabelecer vida e luz.

E o musical encerrou profetizando sobre todos em forma de música: “Faz óleo de alegria das suas lágrimas, pega o quebrado, conserta e, no final, tudo fica melhor do que era. Depois da noite escura, nós voltamos a sorrir por causa da Luz de Jesus. Nós Voltamos a Jerusalém!

Visualizações: 32

Plano de Leitura Bíblica

24 Jan
Gênesis 39 e 40
Salmos 44
Mateus 26
25 Jan
Gênesis 41
Salmos 45
Mateus 27
26 Jan
Gênesis 42 e 43
Salmos 46 a 48
Mateus 28
27 Jan
Gênesis 44 e 45
Salmos 49
Romanos 1 e 2
28 Jan
Gênesis 46 e 47
Salmos 50
Romanos 3 e 4
29 Jan
Gênesis 48 a 50
Salmos 51 e 52
Romanos 5 e 6
30 Jan
Êxodo 1 e 2
Salmos 53 a 55
Romanos 7 e 8