“E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.” (Gênesis 12:3)

As promessas de Deus não caducam, elas se cumprem em Jesus e se estendem para as famílias que temem ao Senhor. Tudo envolve família. Inclusive, em Mateus 1, encontramos a narrativa da importância da família e como o Evangelho iria ser apresentado aqui na Terra.

A verdade é que sem Jesus não há Evangelho, e sem Evangelho as famílias não têm boas notícias.


Nossa casa – um território sagrado

A nossa casa é um território sagrado. Não obstante, podemos ignorar as guerras que se possam enfrentar nesse território. Contudo, a promessa é maior que o problema. Há, da parte de Deus, uma “química” divina, chamada sabedoria, que o Senhor coloca dentro de nós, para administrarmos as crises no lar.

Quando estamos alinhados com Deus e a Sua Palavra, certamente, vencemos todas as nossas batalhas. Batalhas existem não para ser ignoradas, mas enfrentadas. Agora, claro, luta-se uma batalha de cada vez, da menor para maior, e depois você se torna um colecionador de vitórias.

Existem situações que demandam nossa intervenção, outras que se não buscarmos força divina, não sairemos vitoriosos, afinal, algumas batalhas que se nos apresentam são demasiadamente árduas.

As batalhas podem trazer alguns desconfortos de relacionamentos para dentro do lar, mas, por certo, o Senhor nos capacitará para sairmos vencedores em cada uma delas. Você crê? Creia, porque a promessa é: “Com sabedoria se constrói uma casa, e com inteligência ela se consolida.” (Provérbios 24:3). E é com essa sabedoria que a nossa cada, dia após dia, vai se tornando um território sagrado.

Nesse processo, de fazer da nossa casa um território sagrado, é importante compreender:

1. O QUE ACIONA O PRINCÍPIO DA SABEDORIA

  • O bom testemunho no lar
  • O equilíbrio na palavra liberada
  • Oração com propósito

São princípios que a Palavra nos ensina sobre nosso lar. Esses princípios acima são as peças fundamentais no processo de consolidação familiar.


2. O QUE DESTRÓI UMA FAMÍLIA

Uma palavra inoportuna, ou uma atitude desagradável, poderão comprometer essa geografia de relacionamento.

“Ainda que a minha casa não seja tal para com Deus, contudo estabeleceu comigo uma aliança eterna, que em tudo será bem ordenado e guardado, pois toda a minha salvação e todo o meu prazer está nele, apesar de que ainda não o faz brotar.” (2 Samuel 23:5)

A família tem muitas promessas, mas nenhuma delas se consolidará sem uma intensa batalha. A falta de vigilância dentro de casa pode intensificar o nível de batalha. A nossa voz liberando palavras tolas não dará outro resultado a não ser uma família destruída.

Vemos que muitas famílias são desfeitas por causa de: Desconstrução da sabedoria e a falta de inteligência; uma palavra inoportuna; palavras de maldição, de ira e de morte. Tudo isso são como assinaturas que Satanás sustenta para ter argumentos contra a sua família. A Bíblia diz: “Abençoai os que vos perseguem; abençoai, e não amaldiçoeis.” (Romanos 12:14)


3. COMO REMOVER SENTENÇAS DESTRUTIVAS?

Para remover toda e qualquer sentença destrutiva na sua casa, você precisa crer que o Evangelho é suficiente, como Paulo declarou: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.” (Romanos 1:16,17)

Tenha no seu coração a firme convicção de que Jesus tomara a causa da sua família e que se cumprirá na sua casa a Palavra que diz: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” (Atos dos Apóstolos 16:31)

Visualizações: 1430

Plano de Leitura Bíblica

15 Ago
I Reis 10
Jeremias 36
Marcos 10
16 Ago
I Reis 11
Jeremias 37
Marcos 11
17 Ago
I Reis 12
Jeremias 38
Marcos 12
18 Ago
I Reis 13
Jeremias 39
Marcos 13
19 Ago
I Reis 14
Jeremias 40
Marcos 14
20 Ago
I Reis 15
Jeremias 41
Marcos 15
21 Ago
I Reis 16
Jeremias 42
Marcos 16