“Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal.” (Joel 2:12,13)

O profeta Joel, no capítulo 2, fala de como os sacerdotes deveriam se comportar. Então, o que eu e você precisamos? Precisamos de profetas. Um profeta não trabalha por aqueles que discordam, porque senão, ele não terá êxito. Ele trabalha pelo bem-estar do Reino, sabendo que, ainda assim, mesmo alguns que compõem a liderança não vão concordar com ele.

Agora, como profeta e sacerdote, a sua liderança não pode ser mentirosa. Ou seja, você não precisa concordar com tudo, mesmo que seja com o seu líder. De igual forma, você também não precisa discordar de tudo que ele fala. “Como assim? Fiquei confuso agora!”. Não precisa concordar com tudo que o líder fala ou faz, mas você tem que ter respeito. Não seja um perseguidor do seu líder. Muitos líderes estão sendo perseguidos desnecessariamente, só por falarem a verdade. E isso é ruim? Não! Porque a perseguição é a maior bênção para treinar a nossa liderança. Quando você é perseguido, pensa duas vezes no que vai falar e no que vai fazer. E mais, você se prepara para não ficar na mão do inimigo. Na verdade, você não apenas se prepara, mas, principalmente, se posiciona.

Joel faz uma convocação para que os sacerdotes se posicionem: Que eles chorem entre o alpendre e o altar, buscando arrependimento. Essa palavra é Teshuvá. Se não houver arrependimento, não há acesso ao milagre. O arrependimento é o acesso ao milagre!

Quando você lê II Crônicas 7:14, entende que é uma chamada para que o povo de Deus entre em arrependimento, se humilhe, ore, busque a Sua face, se converta dos seus maus caminhos para que, dos céus, venha o perdão para os pecados e a Terra seja sarada.

Esta é uma convocação de Deus para o Seu povo tomar posição: “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” (II Crônicas 7:14)


O que é arrependimento?

Teshuvá – Arrependimento. Mudança de atitude, mudança de mente, de pensamento, de cultura, de costume. Tem que mudar! Se não mudar, não virá o milagre! Nos versículos o Senhor narra o motivo pelo qual o povo deve se humilhar. “E o Senhor apareceu de noite a Salomão, e disse-lhe: Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo...” (II Crônicas 7:12,13)

Há uma promessa de Deus para alguém que fez um pacto. O pacto de não murmurar se não vier a chuva. Não murmurar se não vier um fruto. Não murmurar se vier a praga. Se ficar firme, aí o Senhor ouve a oração.

Se lermos novamente Joel 2, o texto diz que se os sacerdotes chorarem entre o alpendre e o altar, buscando a face do Senhor, então Ele vai responder as orações, pegar o exército do mal, lançar no mar, de forma que subirá um mal cheiro terrível, e vai eliminar e matar a todos. Então, o milagre acontecerá, que é a transferência de riquezas.

A riqueza vai sair da mão de um para outro. E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. Assim Ele restituirá os anos que foram consumidos pela locusta devoradora, destruidora e cortadora, o grande exército que Ele mesmo enviou. Então, o povo de Deus comerá abundantemente e se fartará, e louvará o nome do Senhor, que procedeu maravilhosamente; e o Seu povo nunca, jamais, será envergonhado.

“E as eiras se encherão de trigo, e os lagares trasbordarão de mosto e de azeite. E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o Senhor vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado.” (Joel 2:24-27)


Continua...

Visualizações: 326

Plano de Leitura Bíblica

16 Mai
Deuteronômio 33 e 34
Isaías 6
Colossenses 3 e 4
17 Mai
Josué 1
Isaías 7
I Tessalonicenses 1 e 2
18 Mai
Josué 2
Isaías 8
I Tessalonicenses 3 e 4
19 Mai
Josué 3 e 4
Isaías 9
I Tessalonicenses 5
20 Mai
Josué 5 e 6
Isaías 10
II Tessalonicenses 1 e 2
21 Mai
Josué 7
Isaías 11
II Tessalonicenses 3
22 Mai
Josué 8
Isaías 12
I Timóteo 1 e 3