Começou a Páscoa! Já estamos vivendo esse tempo especial de celebração que vai durar oito dias (de 27 de Março a 04 de Abril).

O M12 tem a honra de se inserir na tradição milenar de Pessach, que relembra a libertação do povo hebreu da escravidão no Egito e por isso é também é chamada de Festa da Liberdade.

Nesses dias, assim como ocorre em Israel, as famílias são convidadas a se reunir em volta da mesa e repetir o que tem sido feito há milhares de anos, de geração em geração: Trazer à memória o êxodo do Egito, relembrando o sofrimento, as lágrimas e, sobretudo, a libertação concedida por Deus ao seu povo.

Pessah significa passagem e relembra o acontecimento bíblico da última praga lançada sobre o Egito, que foi a morte dos primogênitos, contudo, o Senhor livrou os israelitas que marcaram os umbrais das suas portas com sangue e, assim, o anjo da morte passou sobre as suas habitações.

Nesses dias em que o mundo ainda enfrenta tantas situações adversas por conta da epidemia da Covid 19, a Páscoa ganhou um significado também especial, nos levando a orar a Deus por um outro tipo de liberdade. Para sermos libertos do domínio do vírus e para podermos, novamente, estar junto daqueles que amamos.

Uma das orações que se faz nesse período, entre as famílias judias, diz: “Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech Haolam, shehecheyánu vekiyemánu vehiguiyánu lizman hazê”, que significa: “Bendito és Tu, Adonai, nosso Deus, Rei do Universo, que nos deu vida, nos manteve e nos fez chegar até a presente época”.

Que possamos orar dessa forma, reconhecendo que Deus tem preservado as nossas vidas e que até aqui foi a boa mão do Senhor que nos sustentou.

Chag Pessach Sameach!
Feliz Páscoa!

Visualizações: 107

Plano de Leitura Bíblica

12 Abr
Números 31
Provérbios 22
João 4

13 Abr
Números 32
Provérbios 23
João 5
14 Abr
Números 33
Provérbios 24
João 6
15 Abr
Números 34
Provérbios 25
João 7
16 Abr
Números 35
Provérbios 26
João 8
17 Abr
Números 36
Provérbios 27
João 9 e 10
18 Abr
Deuteronômio 1
Provérbios 28
João 11