A FÉ é a certeza contra o improvável. Não existe FÉ quando o óbvio está à nossa frente. Somos provados quando as coisas não nos são favoráveis.

Quando eu comecei a construir o Templo de Manaus, lutei contra muitas mentes contrárias. Não que eles não possuíssem FÉ, mas eles não conseguiam ver com os olhos que eu via. Eu me lembrava de Eliseu orando: “Senhor, peço-te que abras os olhos do moço, para que veja...” (II Reis 6:17)


Certamente, Ele fará

Não critico ninguém! Mas, nesse tempo de prova, certamente, você já detectou muitos livramentos e, claro, você já deve ter experimentado muitas experiências do improvável, e sua FÉ foi acionada para um outro nível. Não é verdade?! Certamente, Ele fez coisas grandes. Veja que essa Escritura que vou colocar nos consolida e nos faz atestar que estamos vivendo dias extraordinários. Creio que esse decreto que está aqui é tudo que você precisa para sua FÉ entrar no Certamente, Ele fará.

“Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres. Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.” (Salmo 126)

Já tive a experiência de estar algumas dezenas de vezes no Negueve, e ver que o decreto de FÉ do salmista é crer no improvável. Certamente, Ele fará, pois o deserto florescer era o absurdo dos absurdos, e hoje, o Negueve alimenta Israel e alimenta outras nações da Terra, e está se tornando o maior centro industriário de Israel.

Certamente, Ele fará! Isso mostra que nos movemos no campo da FÉ e você não pode deixar que uma semente de incredulidade impossibilite que seu deserto floresça. Ele fará, certamente fará! O que precisamos é olhar com os olhos da FÉ e declarar, como o salmista: “Ainda que os cativeiros queiram nos prender, veremos nossos lugares áridos se tornando em mananciais de águas vivas”.


A FÉ do grão de mostarda

Jesus nos ensina sobre a FÉ do grão de mostarda. Que medida de FÉ é essa? Pois bem, é a FÉ suficiente para transportar as montanhas que surgem nas nossas vidas. Às vezes, nós perguntamos: “Por que esse problema é tão grande e por que estou passando por essa crise? Porque essa é a oportunidade que o Senhor está dando para você treinar sua FÉ e remover as montanhas da sua vida. “E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. Mas esta casta não se expulsa senão por oração e jejum.” (Mateus 17:20,12)

Estamos estudando sobre dimensões da FÉ. E como somos diariamente provados! Porém, essa FÉ que o Reino nos ensina é combustível suficiente para sairmos vencedores nas circunstâncias adversas que a vida nos solicita.


Continua...

Visualizações: 656

Plano de Leitura Bíblica

14 Jun
Juízes 14 e 15
Isaías 38
II Pedro 1 e 2

15 Jun
Juízes 16
Isaías 39
II Pedro 3
16 Jun
Juízes 17 e 18
Isaías 40
I João 1 e 2
17 Jun
Juízes 19
Isaías 41
I João 3 e 4
18 Jun
Juízes 20
Isaías 42
I João 5
19 Jun
Juízes 21
Isaías 43
II João 1
III João 1
20 Jun
Rute 1 e 2
Isaías 44
Judas 1