O toque do shofar, pessoas vestidas com roupas típicas, uma grande tenda com a Arca da Aliança ao centro, uma mesa posta para a Ceia....

Tudo foi montado para trazer um pedacinho de Israel para o Templo e fazer com que cada pessoa se sentisse na Terra Santa. Um grande Ato Profético declarando que o Brasil tem uma conexão poderosa e eterna com Sião.

Assim foi a Festa dos Tabernáculos, que depois de vários anos, voltou a ser realizada na Igreja, obedecendo o calendário hebraico e acompanhando as nações e Embaixadas Internacionais Cristãs de Jerusalém que também celebraram a festa nesse período.

Na noite de abertura, a Igreja se vestiu nas cores de Sião. O azul e o branco da bandeira de Israel ornaram as roupas das bailarinas. Cânticos messiânicos louvaram a Jesus e o povo cantou e dançou alegremente.
Prepare o Caminho do Senhor

Nesta edição, o tema foi "Prepare o caminho do Senhor", e todos entenderam que Tabernáculos é uma festa profética e de colheita no mundo espiritual.

O Apóstolo Renê Terra Nova explicou a origem de Tabernáculos, também chamada de Sucot, ou Festa das Cabanas, para lembrar que o povo hebreu habitava em tendas quando caminhava pelo deserto. “É uma festa blindada com promessas do Eterno, pois mesmo no deserto, não lhes faltará nada. É ordem do Senhor, segundo o dom que Deus lhe deu: Você vai prosperar!”, profetizou o Apóstolo.


Ele também declarou que cada um de nós é o tabernáculo onde Cristo quer habitar. “Jesus, quando entrou em você, fez com que você se tornasse o melhor tabernáculo para Ele, através do qual se move e chega em todos os lugares. Você é o melhor lugar para Deus fazer a festa dEle, Ele vai colocar a sua vida em ordem e mudar a sua história. O Senhor determina como será e quanto tempo vai durar a Sua festa”.

Tabernáculos tem ainda a promessa da chuva e Deus vai trazer prosperidade para os Seus filhos. “Que a chuva caia sobre nossas casas, sobre o Brasil todo. Veremos um desatar de mudança e o Senhor vai prosperar a nossa sorte. As nossas eiras se encherão de trigo, os nossos lagares transbordarão de mosto e azeite e os anos consumidos pelo gafanhoto serão restituídos. E louvaremos o nome do Senhor, que tem procedido maravilhosamente para conosco”.


Tabernáculos na Rede de Crianças

O Senhor foi exaltado com dança, música e com a manifestação sincera das crianças, que pularam sorriram e adoraram ao som de músicas hebraicas de exaltação a Deus.

Os Apóstolos Luiz e Regina Vasconcelos oraram e ministraram sobre as crianças e suas famílias. Eles percorreram a Igreja e subiram ao Altar, acompanhados por um grupo de crianças segurando bandeiras de várias nações.

A Apóstola Regina citou Isaías 40:3 para falar do tema da Festa de Tabernáculos em 2020: Prepare o Caminho do Senhor, dizendo que cada um de nós deve abrir caminho para Jesus.

“A festa dos Tabernáculos aponta para a volta do Messias, é uma festa profética que diz: o Messias vai voltar, mas eu e você temos que preparar o caminho da volta dEle, tirar de nós tudo que não presta, tudo que atrapalha essa construção do caminho que leva a Jesus”, declarou.


Levita Elihana Elia

Ela veio de Jerusalém e representou uma voz profética de Sião para Manaus e o Brasil. Elihana, que canta na Festa dos Tabernáculos em Jerusalém há seis anos, louvou a Deus em português e em hebraico e comandou vários momentos de extrema adoração ao Senhor. Em uma de suas apresentações, o shofar foi soprado, chamando a Igreja ao arrependimento. E estandartes, representando as 12 tribos de Israel foram levados ao Altar enquanto a levita cantou e profetizou bênçãos sobre o Brasil.


Delino Marçal

O levita voltou ao MIR para adorar a Deus e, nas duas noites de apresentação, trouxe uma atmosfera de profunda adoração e toda Igreja se conectou com o Trono de Deus.


Homenagem a Marcel Alexandre

O Apóstolo Marcel Alexandre fez aniversário no dia 04 de Outubro, em plena Festa de Tabernáculos e foi honrado pelos Apóstolos Renê e Ana Marita Terra Nova, sua esposa, Joice Alexandre, e discípulos.


Ato Profético da Ceia do Senhor

Bailarinos vestidos com as cores de Israel trouxeram a Arca da Aliança, percorrendo a Igreja até o Altar, enquanto todos cantavam em um grande coro: “Yeshua, Rei dos reis e Senhor, Emanuel”.

Diante da Arca, o Apóstolo orou, consagrou o pão e o vinho, e convidou a Igreja para declarar a volta de Jesus e viver a vida que Ele conquistou na Cruz. Foi um Ato Profético emocionante, sobrenatural e cheio da glória de Deus!


Noite das nações

O Brasil e as nações da Terra foram homenageados e abençoados na Festa dos Tabernáculos no MIR.

As sete bênçãos de Sucot, descritas em Joel 2, foram proclamadas sobre cada estado brasileiro, enquanto bailarinos vestidos com roupas representando as bandeiras subiam ao Altar. No final, uma grande bandeira de Israel, a mãe das Nações, foi erguida.

O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, enviou, em vídeo, uma palavra de agradecimento ao MIR, aos Apóstolos Renê e Ana Marita, e a todo o povo brasileiro, pelo desejo de estar em Israel em Tabernáculos, o que não foi possível este ano por conta da pandemia de Covid 19.

E, como já é tradição, Tabernáculos foi encerrada com muita música, dança e louvor ao Senhor. Em 2021, nos encontraremos de novo, desta vez, para viver Tabernáculos na Terra do Grande Rei!


Entretenimento

As famílias também puderam prestigiar a Praça de Alimentação montada na área externa da igreja. Diversas barracas de comidas regionais estiveram disponíveis durante a programação do evento. Ainda na parte externa, foram criados lounges para fotos com painéis e elementos característicos da celebração.

Visualizações: 206

Plano de Leitura Bíblica

19 Out
II Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12

20 Out
II Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14
21 Out
II Crônicas 14 e 15
Ezequiel 47
João 15 e 16
22 Out
II Crônicas 16 e 17
Ezequiel 48
João 17 e 18
23 Out
II Crônicas 18 e 19
Daniel 1
João 19
24 Out
II Crônicas 20
Daniel 2
João 20 e 21
25 Out
II Crônicas 21 e 22
Daniel 3
Atos 1