“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (I Coríntios 15:58)

Jamais podemos nos esquecer desta verdade: O trabalho é nosso, mas a obra é do Senhor. E é Ele quem nos faz firmes e constantes na obra que é dele. E é Ele também quem nos afirma que, independente do que venha acontecer, de homens reconhecerem ou não o trabalho que estamos realizando, o trabalho que fazemos para o Senhor, com o coração voltado para honrá-lo, enquanto cuidamos das vidas, não é vão.

Ter no coração o versículo de I Coríntios 15:58 é fundamental para não invertermos a ordem dos fatos. Deus é o Senhor e nós, Seus filhos, somos os trabalhadores da obra que pertence a Ele. Muitos se esquecem dessa verdade e se colocam na função de senhores. Quando isso acontece, é preciso aprender a depor o senhorzinho que está sentado no reino da alma e devolver o lugar ao Senhor do propósito.

Mandar ou produzir, onde você se enquadra?

É muita gente mandando e pouca gente produzindo. Normalmente os que mais gostam de mandar, são os que menos fazem e, consequentemente, são também os que mais criticam e os que têm menos resultado. A verdade é que na maioria das vezes, os ‘donos’ das ideias também são os da solução.

Eu sempre fico pensando o que aconteceria se todos na Igreja soubessem usar as ferramentas certas e aceitassem ser alocadas nas suas capacidades... Com certeza, avançaríamos em 12 meses o que não produzimos em décadas. Pessoas perdem muito tempo quando estão ocupadas em querer tomar o lugar do outro, ou estar no lugar do outro. Alguns estão trapaceando e querendo mandar, quando seriam muito mais úteis se estivessem produzindo, sendo firmes, constantes e abundantes na obra do Senhor.

Também é verdade que muitos discípulos preciosos estão subutilizados por falta da dinâmica administrativa de colocar cada um na sua habilidade para que possam correr bem mais velozes e terem resultados bem mais satisfatórios.

Isso trará dois benefícios:

. Um para quem se encontra na sua chamada e desenvolve suas funções com agilidade;

. O segundo benefício para os que geraram expectativas nos resultados.

Não é fácil colocar as pessoas nas suas funções. Por que? Porque elas acham que sabem mais que as outras e têm uma competição desnecessária para um resultado frustrado. Até mesmo dentro das nossas competências administrativas e ministeriais (chamada) temos essas dificuldades assimiladas.

Por que tanta crise na Igreja?

Porque o ‘homenzinho’ interior, senhorzinho de tudo, não cresceu na estatura da medida de Cristo. Que medida é essa? O poder e o prazer de servir. Cada um no seu lugar, executando bem o que o Senhor nos mandou fazer, seja da função mais simples no Corpo de Cristo às funções ministeriais dentro do Reino.

A visão do Apóstolo Paulo consiste em mostrar a nossa funcionalidade e disposição para fazer a obra, sem perdermos a visão de Corpo.

Se Ele nos chama, Ele nos capacita, seja para boas-vindas ao povo de Deus, seja para ser um ministro do Evangelho, se não tiver o DOM DE SERVIR, não conseguirá conquistar o coração do Senhor.

“E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.” (Efésios 4:11-16)

Visualizações: 924

Plano de Leitura Bíblica

29 Jun
I Samuel 10
Isaías 54
Apocalipse 17 e 18

30 Jun
I Samuel 11 e 12
Isaías 55
Apocalipse 19 e 20
01 Jul
I Samuel 13
Isaías 56 e 57
Apocalipse 21 e 22
02 Jul
I Samuel 14
Isaías 58
Mateus 1 e 2
03 Jul
I Samuel 15
Isaías 59
Mateus 3 e 4
04 Jul
I Samuel 16
Isaías 60
Mateus 5
05 Jul
I Samuel 17
Isaías 61
Mateus 6