Na segunda noite do Congresso de Mulheres, o exemplo do personagem bíblico Barzilai, um homem de muitas posses, e que protegeu o Rei Davi, quando ele estava em fuga da perseguição do seu filho Absalão, que havia se rebelado (2° Samuel 17:26), foi a abordagem principal da mensagem da Pastora Isa Reis.

Em sua palavra, ela destacou que Barzilai representa as pessoas fortes que Deus levanta nas horas mais difíceis para nos abençoar mesmo diante de tantos desafios.

“Isso representa abrir trilhas para a provisão divina. Você está aqui para abrir uma trilha para Jesus chegar à casa de alguém. Jesus está chegando para resolver, e Ele está te visitando".

Barzilai tinha 80 anos e pertencia à tribo de Gileade, em uma cidade chamada de Rogelim, mais conhecida como terra de calúnia. "Mesmo sendo a terra dos médicos, Gileade não tinha um para socorrer Barzilai, mas Deus o socorreu. Deus estende a mão e diz "Vem para Jerusalém".

Assim como na primeira noite, o Senhor transbordou na vida das mulheres diante do Altar, com unção de arrependimento, cura e libertação. Em um momento de intensos comandos espirituais, a Apóstola Ana Marita Terra Nova clamou a Deus junto às mulheres.

“Tome posse de um novo mover. Comporte-se como alguém que pratica as boas obras! Move-te, Espírito de vida, clamamos: Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como nos céus. Você é o sonho de Deus, noiva minha”, declarou a Apóstola, encerramento essa noite tão marcante e cheia da presença do Senhor.

Visualizações: 230