A família é o melhor de Deus na nossa vida. Guarde a sua família. Ame a sua família. Valorize a sua família. Respeite a sua família. Verdadeiramente, ela é o melhor de Deus na sua vida.

Sonhar é ver por antecipação. Novos Começos podem acontecer, de repente, para fins extraordinários. Você nunca chegará onde não se viu. E eu pergunto: Onde você se vê daqui a 5, 10, 40 anos? A maneira como você se vê hoje determinará onde você chegará.

“E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto, e chegou ao monte de Deus, a Horebe. E apareceu-lhe o anjo do SENHOR em uma chama de fogo do meio duma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia.” (Êxodo 3:1,2)

Tudo começa com uma visão, foi assim com Moisés. E o diferencial não era a sarça arder no fogo, mas o fato de não ser consumida. Tal fato chamou tanto a atenção de Moisés que ele quis virar para ver o que estava acontecendo. Mas o Senhor bradou para que ele não se virasse.

Sabe qual é o problema dos líderes desta Nação? É porque eles querem começar relacionamentos por cima, mas Deus começa relacionamentos por baixo, em lugares até inapropriados, porque o Senhor estabelece limites, como fez com Moisés ao ordenar que ele não se movesse para o lado errado.

Deus chamou você para quebrar limites sem fazer nada errado. E Deus começou a estabelecer limites. Mesmo Moisés sendo livre, vemos isso pelo fato de ele andar de sandálias, pois os escravos andavam descalços, Deus diz a ele que tirasse as sandálias para se tornar servo do Altissimo. A terra era santa porque Deus se manifestou ali. É a presença de Deus que faz a terra ser santa.

Precisamos de mais líderes descalços, para caminhar nos propósitos de Deus e não nos propósitos e interesses pessoais. Deus disse a Moisés: “Não te chegues para cá”. E em Êxodo 19:1-11, lemos: “Ao terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia chegaram ao deserto de Sinai, porque partiram de Refidim e entraram no deserto de Sinai, onde se acamparam. Israel, pois, ali se acampou em frente ao monte. E subiu Moisés a Deus, e o SENHOR o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel: Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim; agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel. E veio Moisés, e chamou os anciãos do povo, e expôs diante deles todas estas palavras, que o SENHOR lhe tinha ordenado. Então todo o povo respondeu a uma voz, e disse: Tudo o que o SENHOR tem falado, faremos. E relatou Moisés ao SENHOR as palavras do povo. E disse o SENHOR a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem espessa, para que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao SENHOR. Disse também o SENHOR a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem eles as suas roupas, estejam prontos para o terceiro dia; porquanto no terceiro dia o SENHOR descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte Sinai.”

Um relacionamento que começou com limites, depois não havia mais barreiras, pelo contrário, o Senhor falava com Moisés face a face. O que Deus fez com Moisés, 40 anos atrás, estava disposto a fazer também com três milhões de pessoas. Deus não queria apenas levantar Moisés, mas uma nação santa. E a mesma vontade Deus tem hoje: Levantar uma nação santa e poderosa, e não apenas uma meia dúzia de líderes. Então, não tema os limites, mas entenda que essa é uma maneira de você chegar ao topo e crescer no seu relacionamento com Deus.

Observe os versos 12 e 13: “E marcarás limites ao povo em redor, dizendo: Guardai-vos, não subais ao monte, nem toqueis o seu termo; todo aquele que tocar o monte, certamente morrerá. Nenhuma mão tocará nele; porque certamente será apedrejado ou asseteado; quer seja animal, quer seja homem, não viverá; soando a buzina longamente, então subirão ao monte.” Existem senhas que precisamos conhecer para ter acesso livre. No verso 14 e 17, Deus continua dando instruções para que todos experimentassem a Sua presença.

Em Êxodo 20:18-21 a Bíblia mostra que quando o povo viu os trovões e os relâmpagos, e escutaram o som da trombeta, ficaram distantes. Eles poderiam ter subido o monte, mas preferiram ouvir de Deus através de Moisés. Eles permaneceram a distância, enquanto Moisés se aproximou de Deus. E a pergunta é: O que levou um homem a se aproximar de Deus, subindo ao monte, já que três milhões de pessoas fugiram? Moisés viu o mesmo que o povo, mas ele era diferente e ousou sonhar e viver Novos Começos para fins extraordinários. Para subir é preciso coragem. Você decide ficar entre os três milhões ou subir, ainda que sozinho.

Quando Deus mostrou a Moisés a sarça e o fogo, não era para ele ver algo comum, mas para que conseguisse se ver 40 anos mais à frente. Se você está aqui hoje, comece a se enxergar daqui a 40 anos, crendo que como Deus fez com Moisés, fará com você. Você pode ser uma espécie de Moisés.

Visualizações: 654