Amado discípulo, amada discípula,

Nós temos muitos motivos para, juntos, agradecermos ao Deus Todo-Poderoso. Ele nos tem concedido mais um ano de bênçãos e pudemos, nestes dias proféticos, retornar ao útero da Nação. Conscientes da responsabilidade que temos como sacerdotes, o Senhor nos elegeu para, unidos, construirmos uma nação de adoradores e intercessores para formarmos uma geração que vive segundo os Princípios Bíblicos e conquista territórios.

Foram anos de semeadura com lágrimas, jejuns e orações para que hoje pudéssemos dar nossa parcela de contribuição, lançando palavras proféticas para construção de um país melhor, que viva os fundamentos da Palavra de Deus. E cremos que chegou a nossa vez de colhermos em abundância as sementes que foram lançadas em solo fértil.

Somos chamados geração eleita para cumprirmos os Seus propósitos. Somos vasos de bênçãos usados por Ele para louvor da Sua glória e proclamação da Sua Palavra em toda a Terra. Ele nos chamou para sermos canais de avivamento para um grande derramar do Seu Espírito em meio a acontecimentos milagrosos, profeticamente falando, para que venha uma grande onda de unidade entre raças, povos e nações.

Chegou o tempo de conscientização do povo de Deus para voltarmos ao Primeiro Amor, revermos os conceitos, as primeiras obras, para que haja contribuição para melhor propagação do Evangelho. É tempo de nos achegarmos ao Senhor com nossas vestes mudadas, com roupas novas, despojando-nos de todo orgulho, prepotência e falsa espiritualidade. Deixemos Deus agir para que haja adoração com sinceridade e um grande professar da Palavra com autoridade, singularidade e verdade. Chamamos a atenção para um novo caminhar em obediência, de modo que não soframos as consequências do juízo de Deus sobre nós e nossa Nação.

É um momento de integração, restituição e renovo na história da Igreja de Jesus. Deus nos chamou para sermos reparadores de brechas e reconstrutores de caminhos tortuosos. Que privilégio para nós, discípulos de Jesus, sermos comissionados por Deus para a realização de uma obra de autorrelevância, em um momento tão adverso e agravante que o mundo está vivenciando. É hora da Igreja! É mister que façamos alguma coisa para não sermos atingidos nem apanhados de surpresa. Jesus está investindo na Sua Noiva e, como resultado desse investimento, convoca-nos para um enorme despertar, assim como fez o Profeta Amós (Amós 7:14,15).

É tempo de avançar, geração da última hora. Levantemos nossas cabeças e lancemos a rede. Vamos clamar para que os céus da nossa cidade, estado e país, sejam limpos, a ponto de todos os poderes e potestades da maldade baterem em retirada.

Desde o início, Deus escolheu e chamou todos aqueles que creram em Cristo (Romanos 8:30). Hoje podemos agradecer porque somos escolhidos para ser a essência de Deus aqui na Terra.

Obrigada por você fazer parte conosco deste momento profético. Cremos que melhores mudanças nossos olhos verão, porque a graça, a charis, está sobre nós. Prepare-se! O melhor de Deus ainda está por vir (Ezequiel 1:3,6,7).

Um beijo no seu coração!
Apa. Marita Terra Nova

Visualizações: 1822