Conselho, exortação e muitas mensagens de sabedoria. A Apóstola Adriana Pacheco foi usada por Deus para trazer edificação aos jovens do Brasil e do Amazonas, na manhã deste Sábado, 27.

Ela começou citando Provérbios 30:12: “Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, mas que nunca foi lavada da sua imundícia”, para alertar sobre uma realidade que faz parte da vida de muitas pessoas nos dias atuais, mesmo dentro das Igrejas. Cristãos arrogantes, orgulhosos, que julgam estar limpos, mas vivem cheios de pecado.

Os jovens foram convidados a estudar a história de Naamã, o chefe do exército do rei da Síria, que era leproso, procurou um profeta, e recebeu o comando de mergulhar sete vezes no rio Jordão para ser curado, porém, recebeu a orientação com resistência e indignação. O que esses episódios bíblicos ensinam para nós?

Naamã esperava algo grandioso, queria mergulhar em rios límpidos, quando, na verdade, a cura estava em um rio cheio de lama. Humildade versus altivez foi a primeira lição aprendida.

Outro ponto, destacado pela Apóstola, é a obediência e a submissão às autoridades. Naamã só foi curado quando decidiu, apensar de contrariado, obedecer ao comando de mergulhar no rio Jordão.

Os jovens também aprenderam que precisam estar constantemente lavados no sangue do Cordeiro para serem limpos e depois usados por Deus para levar pureza a uma geração que está “se achando” e, por isso mesmo, se distanciando dos caminhos do Senhor. “Só pode ser lavado quem se arrepender dos seus pecados, sem isso não há como exercer fé em Deus”.

A Apóstola também chamou atenção para o fato de que muitas pessoas estão confundindo inteligência emocional e liberalidade, com santidade e vida com Deus, porém, isso é engano travestido de algo bom.

Você quer fogo? Então, como está a sua vida? Você já foi transformado de verdade?  “Só viveremos o extraordinário quando fizermos bem o que é comum, só depois de fazer o natural, podermos voar no sobrenatural”.

Outros Conselhos

Joelho no chão, boca no pó e quebrantamento trazem fogo para o coração, pois, a Bíblia nos ensina que perto está o Senhor de todos os que o invocam em verdade.

Não podemos tentar colocar Deus nos nossos moldes, e sim o contrário. Obediência e humildade devem ser valores resgatados sobre os jovens da Igreja nessa geração que quer ser chamada de Fire e jump.

Não devemos ser como o fariseu que confiava em si mesmo, que creditava que era justo e iludia a própria alma, se comparando com o publicano, conforme a palavra de Lucas 9:14.

"O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou, porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.  Jejuo duas vezes na semana e dou os dízimos de tudo quanto possuo. O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!  Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.

Diante de tudo o que foi visto e ouvido nesta manhã, que decisão você toma hoje, jovem, para estar limpo e verdadeiramente cheio do fogo de Deus?

Visualizações: 669