Existem segredos em Jerusalém que precisam ser revelados. Jerusalém é a capital única e indivisível do Estado de Israel. E estamos conscientes de que algo novo vai acontecer a partir daqui. Eu tenho certeza de que todos já estão ministrados nestes dias e que sairão ainda mais conscientes do papel que Deus tem para suas vidas.

Eu quero conectar o seu espírito com o espírito de Jerusalém. Aqui é Terra de Milagres. E na Festa dos Tabernáculos há decretos para destinos novos. Deus está construindo um milagre para a sua vida enquanto você adora. O Deus de Israel fará um milagre na sua casa. Deus fará milagres na nossa vida em Tabernáculos, na cidade do Grande Rei. E no Ano do Jubileu o Senhor fará o sobrenatural.

Precisamos mergulhar no cenário de Sião. Precisamos descobrir os segredos de Jerusalém, que  tem coisas escondidas e que  precisam ser reveladas no espírito e não na mente. 

O mundo clama por Jerusalém, mas ninguém pode tirá-la das mãos do Senhor. Para isso acontecer, só se fossem capazes de arrancar Deus do Trono, pois é Ele quem cuida dela. Ninguém pode contra Jerusalém.

Deus estabeleceu Jerusalém para sempre. Ela não tem prazo de validade. Jerusalém é um decreto eterno da boca do Senhor. A nossa geração vai passar, a geração dos nossos filhos vai passar, mas Jerusalém permanecerá inabalável, debaixo do decreto do Senhor.

Todos estamos profetizando, em Tabernáculos, que Jerusalém é a Cidade do Grande Rei, é a Cidade de Deus. Mas por que?

1. Porque Deus escolheu Jerusalém

Deus é o Senhor das escolhas e deverá manter a Sua decisão inviolável. Deus escolheu Jerusalém. Ele poderia ter escolhido qualquer outro lugar do Planeta, mas os olhos e o coração do nosso Deus são por Jerusalém. E isso não pode ser revogado.

Você está na Cidade de Deus! Tudo que você fala aqui vira decreto e isso pode depor a favor ou contra a sua vida, porque Jerusalém tem céus de avivamento. 

2. Porque Deus quer

Quando entendemos o profético de Jerusalém, tudo muda. Para vir a Jerusalém, para viver em Jerusalém, precisamos do sim e do amém de Deus.

3. Deus escolheu o povo para dar suporte a ele

Nós, que estamos todos os anos em Jerusalém, somos parte desse povo. Ter a visão de Jerusalém me fez crescer em todas as áreas da minha vida. E tudo isso por causa do amor incondicional que temos por Jerusalém.

A visão de Jerusalém é maior que qualquer visão porque ninguém pode lutar contra uma ideia divina. Como pode uma ideia divina funcionar nas pedras, nas montanhas? O que há por trás disso tudo? Qual o segredo do Senhor? Por que estamos na Festa dos Tabernáculos?

Estamos em jubileu! E jubileu esconde segredos. E nós estamos aqui com o tema específico ‘Cidade de Deus’. Estamos em Tabernáculos com um dos temas mais proféticos da história. Essa é uma bênção e um grande privilégio para que novos territórios sejam expandidos. Todos sairemos daqui com os segredos de jubileu revelados ao nosso coração, porque existem quatro decretos:

Ampliação de territórios

Nossos territórios serão ampliados em todas as áreas, a começar na família. Porque jubileu traz o decreto do milagre.

Muitos que estão aqui perderam territórios importantíssimos. Mas hoje, pela boca de Deus, quero declarar que Deus nos dará de volta os territórios e viveremos os 12 melhores meses da nossa vida.

Quitação de dívidas

No Jubileu da cidade de Deus, estar em Tabernáculos nos dá direto à quitação das nossas dívidas. O Senhor fará isso!

Santidade homologada no caráter

Ter santidade significa não fazer mais as mesmas coisas nem ser repetidor de padrões errados. 

Precisamos buscar referências que nos façam repetir padrões honrados. Não podemos seguir um líder que tenha padrões incorretos e dúvidas no caráter, principalmente no discipulado. Discipulado não é senzala, é caminhada em liberdade.

Colheita

Todos que estão aqui viverão um tempo extraordinário. Estamos em Tabernáculos e  Deus que gosta de nos surpreender. Ele nos dará vitórias extraordinárias em nossas mãos. Quando você voltar para casa se encontrará com um grande milagre.

Para Deus falar conosco o que Ele quer de nós é porque está vindo algo galopante da parte dEle sobre as nossas vidas e famílias. E porque Ele gosta de nos surpreender, em Jerusalém faremos uma colheita extraordinária. O jubileu é de Jerusalém, mas a promessa é nossa também, pois somos filhos.

Deus quer quebrar a nossa ignorância espiritual que nos impede de ler o profético. Viver de forma religiosa e política é fácil, mas entender os decretos proféticos é para quem tem sensibilidade espiritual, quem sabe ler o mundo espiritual.

Jerusalém é o relógio de Deus. Ele tem ciúmes dela e Ele mesmo disse quais são os decretos pelos quais ela tem que viver. A Bíblia diz que de Sião sairá a lei e de Jerusalém a palavra para toda a Terra. Todos nós somos resultado dos decretos de Sião, por isso precisamos entender quem é Jerusalém. Caso contrário, podemos cometer o mesmo erro de outras nações que se levantaram contra Jerusalém.

Não existe nenhuma nação e, em especial, nenhuma cidade, que tenha tantas promessas quanto Jerusalém. Isso mostra que o coração de Deus está aqui. Quem ama Jerusalém entra nos segredos dos milagres de Deus.

Salmo 48:1,2,8 diz: “Grande é o Senhor, e digno de todo louvor na cidade do nosso Deus. Seu santo monte, belo e majestoso, é a alegria da terra toda. Como as alturas do Zafom é o monte Sião, a cidade do grande Rei. [...] Como já temos ouvido, agora também temos visto na cidade do Senhor dos Exércitos, na cidade de nosso Deus: Deus a preserva firme para sempre.”

Jerusalém é uma cidade eterna. O físico e o espiritual vão se unir. Jerusalém é uma palavra plural, como se fossem duas cidades que vão se encontrar: a física e a espiritual. Nós todos viveremos na Nova Jerusalém. Deus estabeleceu Jerusalém para sempre. Quem luta contra Jerusalém luta contra Deus. E quem poderá contra a forte mão do Deus Todo-Poderoso?

Pela boca do Senhor, alguns são convocados para amarem Sião. E por traz de cada decreto há um segredo da parte de Deus.

A Palavra do Eterno diz: “Jerusalém será habitada como uma cidade sem muros por causa dos seus muitos habitantes e rebanhos. E eu mesmo serei para ela um muro de fogo ao seu redor, declara o Senhor, e dentro dela serei a sua glória. [...] Exulta, e alegra-te ó filha de Sião, porque eis que venho, e habitarei no meio de ti, diz o Senhor.” (Zacarias 2:4,5,10). Esta palavra representa que o Senhor está a favor de Israel e de Jerusalém. O medo e o respeito que muitos têm foram colocados pelo Eterno.

Quando ainda Jerusalém vivia momentos complicados, Deus já havia sinalizado como seria Jerusalém, da mesma forma que Deus nos olha hoje e não nos vê como somos, mas como seremos. E, assim como todas as promessas dEle se cumprirão em Jerusalém, assim será nas nossas vidas.

A nossa maior alegria, após o Deus Todo-Poderoso, deve ser Jerusalém. “Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, esqueça-se a minha direita da sua destreza. Se me não lembrar de ti, apegue-se-me a língua ao meu paladar; se não preferir Jerusalém à minha maior alegria.” (Salmos 137:5,6). Deus colocará no seu coração a paixão profética por Jerusalém para que você saiba ler o mundo espiritual.

Zacarias 14:12 fala que carne, os olhos e a língua daqueles que falam contra Jerusalém vão apodrecer. Temos que chamar à existência a promessa em Jerusalém para declarar a palavra de vida. “E esta será a praga com que o Senhor ferirá a todos os povos que guerrearam contra Jerusalém: a sua carne apodrecerá, estando eles em pé, e lhes apodrecerão os olhos nas suas órbitas, e a língua lhes apodrecerá na sua boca.”

Declaro que a carne, os olhos e as línguas serão curados para profetizarmos a favor de Jerusalém. Deus quer nos ensinar a vir a Jerusalém para adorar a Ele na Festa dos Tabernáculos. Então, entenderemos, no profético, o que a Bíblia diz sobre a chuva de prosperidade que virá sobre nós. “E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos. E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva.” (Zacarias 16:16,17)

Todos os sinais proféticos sobre Jerusalém apontam para o Messias. Quando afirmamos que Jerusalém é a Cidade de Deus, estamos afirmando o que a boca de Deus determinou. Então, muitos níveis de milagres acontecerão em todas as áreas. Os milagres serão no espírito, na alma e no corpo. Deus quer que você saia de Jerusalém com o seu milagre!

Visualizações: 1152