Com música e dança, crianças  fizeram a abertura da programação na manhã de Sábado. E, verdadeiramente,  delas veio o perfeito louvor a Deus.

A líder da Rede, Apóstola Regina Vasconcelos, fez a primeira ministração. Compartilhou o  próprio testemunho de mulher casada há 36 anos, mãe e avó, para falar de como deve ser o proceder de quem tem o propósito de ser a coluna da sua família. Várias perguntas cheias de sabedoria e confronto foram feitas às congressistas: Como você age dentro da sua casa? Você está firmada nos princípios de Deus?  Como está se comportando na criação dos seus  filhos e conduzindo a geração que nasceu de você?  “Se instruirmos os nossos filhos na Palavra, estivermos aos pés do Senhor, e nos movermos na direção que Ele nos dá, é possível que nossos filhos  se tornem homens e  mulheres de excelência, mas tudo começa em mim, e não nos meus filhos . Vigie no seu testemunho, conduza os seus filhos para a Igreja, invista no caráter deles, faça com que o amor por Deus queime em seus corações. Às vezes, estamos cheios de conhecimento e psicologia e esquecemos os preceitos, deixamos o Senhor  de lado”.

Cheias do Espírito de Deus

A Apóstola Ester Amazonas explicou que a nossa principal guerra neste mundo é vencer o pecado. Ela utilizou o exemplo da mulher Samaritana para falar da sede da nossa alma, que só pode ser saciada por Jesus, a água viva. Também disse que

quando temos a  missão de trazermos reforma para um tempo como o que vivemos hoje, precisamos estar atentas ao que é essencial: a nossa relação com Deus. “Jesus  nos ensina sobre nascer de novo.  Precisamos passar por esse novo nascimento e nos manter vivas. Só faremos reforma se a nossa mente estiver cheia de Deus e a nossa lâmpada não se apagar espiritualmente”. A ministração foi terminada com um grande mover sobre as mulheres e o Espírito de Deus desceu trazendo força sobre as enfraquecidas, renovo sobre todo espírito abatido, cura e libertação no corpo e na alma.

Em busca de uma vida abundante

Outra convidada da manhã foi a Master Coach Guta Oliveira. Ela fez uma palestra que levou as mulheres a refletirem sobre a vida que vivem hoje e aquela que realmente desejam. Houve muitos questionamentos: “Sinceramente, olhe pra sua vida e veja como está o seu casamento, a sua vida financeira, o seu trabalho...” E também confronto: “Você quer que seu marido seja um príncipe? Então, já se perguntou se está sendo uma princesa?”. “Você tem sido uma mulher carinhosa ou murmuradora?”. “Você age pra encarar as dificuldades ou fica se vitimizando?”. Foram palavras  que trouxeram revelação  e fizeram as congressistas entenderem  que toda mudança que elas almejam para as suas vidas deve começar primeiro em cada uma delas, deve ser interna, individual.

“O que mostra como você está, são os seus resultados . Se você ainda não tem colhido a abundância que Jesus te prometeu é porque você precisa ter fé, mas precisa também agir. Quem você é e quem você decide ser a partir de hoje? Comece a plantar o que você quer colher”.

Cura para doenças

A coach e especialista em Acupuntura, Ester Lopes, falou sobre emoções tóxicas: ciúmes, ódio, inveja e outros sentimentos que dificultam os relacionamentos e podem causar doenças.

Esse tipo de problema deve ser tratado no nível espiritual, mas também existem tratamentos oferecidos pela medicina, um deles é a Acupuntura. “Eu quero deixar claro que se trata de medicina chinesa, uma ciência milenar, que eu não tenho pacto com o inimigo, mas com Deus e quero ajudar a curar as pessoas”. Ester também esclareceu que as agulhas finíssimas utilizadas nessa técnica não doem, trabalham nos pontos do corpo que ligam a órgãos e vísceras e podem trazer inúmeros benefícios para quem utiliza.

Visualizações: 6390