A programação do Congresso de Mulheres, na manhã de Sexta-feira (04), começou com oração e louvor.  Aos poucos as  convidadas foram lotando o auditório e se preparando para receber o ensino que o Senhor reservou para este dia. A Apóstola Telma Santos, como anfitriã, declarou sobre todas  a unção que quebra o jugo, liberta e transforma corações.

A Apóstola Daniela  Muniz falou a respeito da história  da viúva da Naim, cheia de ensinamentos sobre ressurreição de sonhos e promessas. E a Apóstola Joyce Alexandre ministrou sobre prosperidade ensinando que há muitas  bênçãos reservadas àquelas que ajudam ao próximo e ofertam na Casa de Deus, com alegria.

Mulheres modelo

A Pastora Francieme Costa ministrou sobre duas mulheres do Antigo Testamento que mudaram a sua geografia, transformaram a sua geração e  fizeram história. O primeiro exemplo foi o de Agar, uma escrava egípcia que engravidou de Abraão e  enfrentou muitas situações de erro, humilhação e desprezo, mas recebeu a graça e o favor de Deus. “Diante das nossas guerras, em maio às lutas, a gente enfraquece e a nossa comunhão com o Espírito Santo é abalada. Ainda assim, o Deus do impossível  sempre terá uma fonte  de água para derramar sobre nós. Ele vai nos mostrar que a destra dEle nos sustenta e que, se cairmos, prostradas não vamos ficar , pois o Senhor tem um ministério para nós e que começa na nossa casa, onde seremos colunas do nosso lar”.

O segundo exemplo foi o de Abigail, casada com um homem louco, que era muito rico, mas tinha alma miserável. Ela se prostrou e trouxe mantimentos diante do Rei Davi e conseguiu, através desta ação, livrar a sua família e o seu  povo da morte. ”Abigail era uma mulher sábia, que edificava a casa dela,  era uma construtora inteligente e que, através da sua ação, viveu uma ‘superAção’. Se essas mulheres venceram, nós também podemos. Elas não são  melhores só porque aparecem na Bíblia. Mas, e se você tivesse um registro, qual seria? Qual é a história que você está construindo?”. Reflita!

A importância de uma boa comunicação

A Apóstola Rosângela Matos disse que uma mulher sábia precisa desenvolver uma boa comunicação, pois isso é sinônimo de inteligência emocional e sabedoria. “Como você está se relacionando com Deus, com você mesma, com seu esposo, seus filhos, seus discípulos? Lembre-se que a sua língua tem poder para abençoar e para amaldiçoar”.

A Apóstola também profetizou uma comunicação perfeita sobre a vida de cada mulher: “Quando a sua boca se abrir, rios de vida fluirão de você, essa é a mulher coluna da família que o Deus quer que sejamos”.

A programação também  teve palavras da Apóstola Marita Terra Nova, orando e abençoando todas as congressistas  nesta manhã especial e de consolidação da alma.

Visualizações: 6009