Imprimir

Já são mais de trinta horas de JUMP e os jovens ainda têm energia de sobra. Querem mais do poder de Deus e foi isso que receberam nesta manhã. A banda 4 Seres abriu a programação com muito rock.

Depois foi a vez do Pastor Jonatas Melo falar à juventude. Ele contou seu testemunho pessoal, de uma vida desestruturada emocionalmente, do uso de drogas e até tentativa de suicídio, e da transformação que Deus operou. Com base no livro de Daniel, também falou que estamos acostumados a fugir dos problemas, da dor, dos relacionamento porque somos da geração que evita o fogo. Mas, como fizeram Sadraque, Mesaque e Abde-nego, é preciso entrar na fornalha. " Temos que passar pelo processo para ver o resultado. O fogo nos purificará, como ouro, para recebermos a glória que Deus tem para a nossa vida. A glória de Deus protege os que entram no fogo". A juventude foi impactada com a mensagem e muita gente tomou a decisão de se deixar ser incendiada pela glória de Deus.

Ulisses Guedes

"Tira a força humana que me impede de cair prostrado, oh Pai amado..." O refrão, já conhecido pela juventude, foi repetido com muito quebrantamento, levando cada um a refletir sobre as verdades que Deus nos revela.

Ulisses Guedes contou a história dessa canção que tem feito sucesso no Brasil e declarou: " Eu tinha tudo pra estar morto, a comunidade dizia que eu não prestava, mas Deus disse que me escolheu desde o ventre da minha mãe e hoje Ele também diz isso pra você".

Delino Marçal

Outro levita muito querido pelos jovens se apresentou na manhã de Sábado. A música Me Batiza com Fogo, em sintonia com o tema do Congresso, levou avivamento e incendiou a juventude. Delino ainda ministrou cura e levou os jovens a um momento de profundo quebrantamento. Para finalizar, cantou com o Apóstolo Renê Terra Nova e recebeu dele palavras de carinho e de honra.

Apóstolo Renê Terra Nova

O mentor do JUMP falou sobre os desafios na área emocional das lideranças. Destacou que os vícios criados pelas debilidades emocionais comprometem tanto a vida física quanto espiritual. "Angústia, ansiedade e o apego excessivo causam danos em toda estrutura de uma pessoa. Os nossos "sim e não" geram esses vícios. Mas está chegando a geração curada para curar as geografias".

Visualizações: 6818