O Pastor Luciano Santos falou aos jovens na tarde de Sexta-feira. Missionário no Nepal, ele compartilhou um pouco das experiências que viveu ao longo de 12 anos. Dificuldades, perseguição e até violência física já enfrentou para cumprir o ide de Jesus em países que são fechados para o Evangelho.

Luciano disse que os jovens precisam ser radicais por Deus e impactar pessoas como fizeram José, Sadraque e Mesaque, por exemplo. Mas, ainda que tenham feito grandes obras, todos já morrerem e agora é preciso que esta geração de jovens se levante. "Eu era tímido, não gostava do idioma inglês, achava que não estava apto para ser missionário, mas, por misericórdia, o Senhor quebrou esses paradigmas, porque é Ele quem capacita", disse, encorajando os jovens. O Pastor também declarou que os americanos e ingleses já fizeram muito e agora é a vez do Brasil enviar missionários às nações que precisam ser alcançadas.

Outra parte do trabalho que desenvolve como missionário consiste em ajudar a Igreja perseguida nos países do sudeste asiático. Ao ouvir casos de
perseguição e tortura, muitos jovens se emocionaram e choraram.

Foi um momento de encorajamento e também de confronto." Está na hora de sermos menos moleques e vivermos o verdadeiro Evangelho de Jesus, orando, fugindo do pecado e jejuando. Jejum ainda está na moda
no céu", exortou.

No final o Pastor valorizou o trabalho dos missionários ao declarar que eles podem até ser anônimos, mas quando demônios ouvem os seus nomes o inferno estremece. Pastor Luciano concluiu a ministração orando e aconselhando os jovens a seguirem o seu chamado. " Se Deus te chamou, Ele pode te levar para incendiar as nações ou a sua cidade. Diga sim ao seu chamado!".

Louvor

O Pastor Lucinho e a Banda Quatro Seres se apresentaram no JUMP. O cantor Delino Marçal cantou apenas uma música e encheu de unção e foi o suficiente para encher de unção auditório. Mas ele vai voltar, ainda esta noite, para ministrar mais uma vez aos jovens. Vai ter FOGO!

Visualizações: 6457