A viúva de Naim perdeu o marido, ainda jovem. Naim significa o lugar da beleza oculta, o lugar onde Deus revela os Seus milagres. 

Deus quer revelar os segredos dEle em nossas vidas. Ele disse que possui tesouros escondidos para entregar aos Seus filhos, ao Seu povo. A partir desses tesouros começará um novo tempo em nossas vidas, casas e famílias. 

Sabemos que para encontrar os tesouros escondidos precisamos ser descobridores e estar dispostos a encontrar o que o Senhor tem reservado para nós. 

Jesus foi a Naim, uma cidade murada, com um portal, pelo qual só entrava com permissão, pois estava guardada por seguranças. As pessoas de Naim eram valorosas, diferente de Gadara, por exemplo. Naim era uma cidade extremamente agradável, assim como a cidade onde você mora. Creia!

Naim está na Bíblia, por causa da viúva. Poderia ser por causa dos seus valores ou até mesmo do jovem que Jesus ressuscitou. Porém, o alvo de Jesus foi a viúva, porque Ele sempre olha para os mais fracos e mais necessitados, para aqueles que precisam dEle.  

Jesus não poderia ir a um enterro, o único que Ele foi, a Bíblia diz que ressuscitou o morto, pois onde Jesus entra, o que está morto ressuscita, seja a sua vida, o seu casamento, a sua família... Deus vai ressuscitar as áreas mortas da sua vida. 

No portal, a morte cruzou com a vida. Jesus parou no portal. Ele não queria seguir o cortejo e caminhar com mortos. Jesus poderia deixar o cortejo passar e ficar longe do morto. Mas Ele se recusou deixar aquela mulher, viúva, com mais um luto: a perda do filho. 

Eu não sei qual é o seu luto. Mas uma coisa eu sei: se Jesus passar, Ele remove o luto. O portal da glória de Deus ressuscita o que está morto, quando a compaixão de Yeshua se move na nossa direção. 

Jesus tocou no esquife, no caixão, deixando de lado a tradição para manifestar a vida. Ele conhecia as leis, mas estava para realizar milagres de ressurreição. E ali Jesus mostrou que quando o portão se abre o que está morto vive e o que havia perdido a esperança é renovado na fé. 

Hoje Deus quer abrir um portal na sua direção, pois quando a morte e a Vida se cruzam, a Vida sempre vence. Onde Jesus está, onde está a vida dEle, o milagre se manifesta. É uma cidade conheceu e soube o que aconteceu e como Jesus liberou vida sobre aquele filho da viúva. 

Os ambientes que possuem a glória de Deus têm níveis de ressurreição. Em Jesus, temos tudo o que procuramos. Hoje é noite de ressurreição. 

33% das pessoas no Planeta estão mortas, fingindo que estão vivas. Precisam que o portal se mova na sua vida e gere ressurreição. 

Nós somos esperança de Deus. As pessoas que passarem por nós precisam mudar, se, de fato, tivermos a vida de Jesus. Mas se dentro das pessoas existe um sepulcro, as pessoas podem passar por nós e saírem pior do que chegaram. E Deus que consertar todos os portais para que na nossa vida haja vida, libertação, cura, sinais, prodígios, maravilhas. 

Fomos chamados para sermos um nível de portal de vida de Deus, paz, esperança e fé. As pessoas não podem entrar na sua vida e encontrar morte, tristeza, frustração e incredulidade. Você tem que ser a beleza de Deus revelada. 

A mulher saiu com o filho morto e voltou pra sua casa com o filho ressuscitado. Quando Deus ressuscitar o que está morto na sua casa, a história da sua família será tomada de esperança, alegria, paz... E tudo o que estava morto na sua família viverá. 

Que na sua vida, todas as vezes que o portal estiver cruzando a morte, Jesus entre com providência de vida. E que a sua casa, assim como a da viúva de Naim, que passou a ser visitada, destile vida de Deus e as pessoas desejem estar na sua companhia. 

Deus quer remover as enfermidades das casas para transformá-las em portais de avivamento. Tudo o que está morto, Jesus quer ressuscitar e fazer da sua vida uma beleza revelada. Jesus quer ressuscitar você!

A casa da morte virou a casa da vida. A casa da incredulidade virou a casa da fé. A casa da tristeza virou a casa da alegria. A casa da desesperança virou a casa da esperança. 

Havia duas multidões: a que seguia a morte e a que seguia a vida. Pare e reflita: o que ou a quem você está seguindo? Você escolhe a vida ou a morte? Você aceita a sugestão de Deus e escolhe a vida ou a sua vida está cheia de morte?

A vida que você precisa escolher é a de essência, pensamento e atitude para que ao abrir da sua boca você fale palavras de bênçãos e não de morte. Assim a sua casa se encherá da vida de Deus. 

Onde você mora se tornará casa de avivamento. Haverá um colheita extraordinária e todos saberão, de perto e de longe, que a ressurreição está na sua família, dentro da sua casa e começou na sua vida, porque você é Naim, lugar onde Jesus entrou e a morte ganhou vida.

Visualizações: 1720