A formação de uma identidade ministerial e pessoal exemplar foi o foco principal dos ensinos na manhã desta sexta-feira (16), no Templo do MIR. Os congressistas puderam compreender que precisam se libertar daquilo que não acrescenta nada em suas vidas e também entenderam que a fidelidade com Deus realiza seus sonhos.

O Apóstolo Renê Terra Nova explicou que a autossabotagem e a procrastinação são os maiores empecilhos na vida de um líder. "Não existe derrota maior do que perder para nós mesmos. Temos de parar de contar histórias. Na autossabotagem colocamos a culpa no outro. Outra coisa que adia a conquista de um líder é a procrastinação. Viver adiando as coisas não vai levar a lugar algum. Quero proibir hoje você de perder tempo".

Equilíbrio

"Pastor deve trazer consigo duas sabedorias": Ciência e inteligência. Foi com base nos livros de Provérbios 2:6 e Jeremias 3:15, que o Apóstolo Arão Amazonas destacou quais devem ser as habilidades para uma boa condução da liderança dos ministérios nos lares. Zelo com o ambiente onde é realizada a célula, educação para recepcionar e cuidar dos discípulos, ter empatia com as pessoas e controle dos impulsos na hora das provações. Tudo isso é essencial, segundo o Apóstolo Arão, para um discipulado eficaz.

Aliança

Quando se fala em cumprimento de Ministério lembramos de Aliança. E foi sobre a importância dela que o Pastor Ricardo Soares, da Igreja Batista Filadélfia, em Porto Seguro (BA), ensinou aos congressistas. Ao retratar a história de Abraão com o sacrifício de Isaque (Gênesis 22), o Pastor chamou atenção da Igreja para acerca da ausência de relacionamentos baseados em aliança firme e duradoura: "Não temos a cultura da aliança e não somos ensinados sobre isso. Muitos se preocupam com as coisas materiais e esquecem das raízes. Deus me enviou alguns componentes primordiais da aliança: Identidade e disponibilidade. O tamanho da disponibilidade de Abraão foi do tamanho do amor pelo seu filho. Aliança é mais que sentimento e emoções. O tamanho da sua multiplicação será definido pela sua disponibilidade", explicou o Pastor Ricardo.

Visualizações: 1287