"Aleluia do Messiah", de Hendel, uma das obras mais importantes da música clássica mundial, ecoou pelo Templo. Um corpo de balé e um coral com mais de 40 vozes completaram o espetáculo que ainda teve bandeiras coloridas representando os estados e nações que chegaram à Terra do Avivamento. 

Essa apresentação cheia de beleza marcou o primeiro dia de realização do Congresso Internacional, no Templo do MIR.

A Apóstola Marita Terra Nova saudou os congressistas com uma palavra de incentivo e de bênçãos sobre as famílias e a ministração da noite foi feita pelo Apóstolo Renê Terra Nova.

Alcançados pela compaixão de Jesus

O texto de Lucas 7, que narra a ressurreição do filho da viúva de Naim, norteou a palavra. O Apóstolo Renê ressaltou a compaixão que moveu Jesus a ponto dele fazer um milagre para não deixar que essa mulher vivesse dois lutos: a perda do marido e do filho, ainda jovem.  O poder da ressurreição que está sobre Ele para fazer o que está morto reviver também opera para fazer o incrédulo se encher de fé e para o que está sem esperança ganhar renovo.

Os congressistas receberam uma poderosa profecia: “Sua casa vai virar uma célula de avivamento. Jesus vai ressuscitar tudo o que está morto na sua vida: a esperança, a alegria, as finanças, o casamento. O luto vai sair da sua casa. Todos aqueles que corriam dela, vão correr para ela, agora”.

O Apóstolo também disse que Naim é um lugar onde a beleza, os segredos e os tesouros de Deus se revelam, e declarou: “Você não pode ser um portal onde as pessoas procurem vida e encontrem morte, tristeza em vez de alegria, incredulidade no lugar de fé e frustração em vez de milagres. Você é um tesouro que será revelado na sua casa, na sua geografia. Você é a esperança de Deus”.

Visualizações: 1516