MINISTRAÇÕES
Benjamim – um exemplo de consolidador
Apóstolo Eurípedes Souza
Foto: Maiko Mendonça   
Gênesis 12; 26 / Êxodo 6

Se você sabe que tem uma promessa de Deus, então creia que não há para você apenas prosperidade, casa, bens e patrimônios, há para você também uma geração poderosa. A geração só nasce para aqueles que têm promessas. Todas as promessas de Deus se cumprirão.

Deus fez uma promessa a Abraão sobre lhe dar a terra, mas não havia terra. Ele prometeu a Abraão uma geração poderosa, mas nem filhos ele tinha. Era uma promessa muito complicada. Então, saiba que ainda que a promessa pareça complicada, se Deus prometeu, Ele cumprirá.

Como Igreja, recebemos de Deus a promessa de que teríamos uma grande multidão. Nossos Apóstolos, Renê e Marita Terra Nova, estão trabalhando para fazer nascer essa geração. Mas a geração não nasce do natural, mas do sobrenatural.

Toda promessa se cumprirá, mas só para os que têm promessa mesmo. Perdoem-me, mas nós que temos os 12, devemos saber que é muito difícil nascer a geração. O que Deus ministrou ao meu coração é que a geração só nasce para aqueles que têm promessa. As gerações nascem debaixo de muito investimento, de consolidação.

Por isso, não podemos esquecer o treinamento, a formação. Porque os líderes de gerações precisam ser líderes restaurados, de caráter transformado e que têm vida com Deus. É preciso ter princípios. Não olhe apenas para o resultado, detenha-se, antes, na formação.

Se os discípulos que passaram pelas nossas células, tivessem sido consolidados, não teríamos apenas o que temos, teríamos muito mais. Para vir a grande colheita, precisamos estar preparados, principalmente, no que diz respeito à consolidação. Precisamos estar preparados para alimentar a multidão que está chegando. Ela precisa de discipulado, tratamento de caráter, experimentar a promessa de Deus.

Uma quarta geração estava para nascer (Êxodo 6). Deus disse que já havia aparecido a Abraão, mas porque Ele lembrou as promessas, estava novamente visitando o povo. Como líder, você precisa entender que a prioridade é fazer com que as vidas compreendam o Evangelho genuíno, que Jesus morreu na Cruz, ressuscitou e quer manifestar as Suas promessas.

Não se detenha apenas no que Deus tem para lhe oferecer, mas no que você tem para oferecer a Ele. Assim as gerações nascerão debaixo de guerra, mas também de conquistas poderosas. As gerações não nascem por habilidade e retórica. A consolidação se faz plantando princípios da Palavra de Deus.

Quando a Palavra de Deus não é implantada, os frutos vêm, mas vão embora. É verdade que estamos em um novo tempo, mas não podemos perder o foco. É por isso que muitos estão tristes, perguntando-se porque as gerações não nascem. Mas elas não nascem porque você precisa, primeiramente, crer e buscar cura para as suas feridas. Feridas são mais sérias do que pecados. A ferida pode matar um líder e um líder ferido pode matar as ovelhas.

Se tivermos qualquer nível de doença ou enfermidade em nossas vidas, como consolidadores, podemos morrer e matar uma geração que pode, até mesmo, nem chegar a nascer. Mas é chegado um tempo de bênção, de vitórias, de avançarmos para as promessas, quando Deus é Fiel para cumprir todas as Suas promessas. Se você tem promessas, não desista, não desanime, Deus é Fiel!

 

 
VISITANTES: 670477
PRINCIPAL
MATÉRIAS
ENTREVISTAS
MINISTRAÇÕES
MENSAGENS
GALERIAS DE FOTOS
 

Copyright © 2010 Ministério Internacional da Restauração. Expediente