TEMA
12 - Modelo de Jesus
   

“E aconteceu que naqueles dias (Jesus) subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos. (...) E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos. E disse-lhes: Nada leveis convosco para o caminho, nem bordões, nem alforje, nem pão, nem dinheiro; nem tenhais duas túnicas. E em qualquer casa em que entrardes, ficai ali, e de lá saireis. E se em qualquer cidade vos não receberem, saindo vós dali, sacudi o pó dos vossos pés, em testemunho contra eles. E, saindo eles, percorreram todas as aldeias, anunciando o evangelho, e fazendo curas por toda a parte.” (Lucas 6:12,13; 9:1-6)

Os 12 são o Modelo ensinado por Jesus. Ser 12 e ter os 12 é uma questão de autoridade, de seguir os passos do Mestre. Nós, como líderes e discípulos, precisamos trabalhar para formar as Equipes de 12 e crescer extraordinariamente. Por serem uma equipe, os 12 diferem de multidão. A multidão reage de acordo com os comandos que recebem. Os 12 reagem de acordo com as estratégias e metas que recebem do líder, para terem suas vidas transformadas como indivíduos, seres sociais e líderes de avivamento; isso resulta em uma mudança integral.

Deus quer que sejamos Modelo e façamos parte do Modelo de Jesus, 12. Ser 12 é um presente do coração do Pai. A unção para os 12 é de sinais, prodígios, maravilhas e milagres. Ser 12 é ser Modelo como está escrito em I Timóteo 4:12 “... Sê o modelo dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, no espírito, na fé, na pureza.” Fomos chamados para ser Modelo e, para tal, é preciso investimento.

Como Modelo, por onde você for, será denunciado como 12. Pedro foi reconhecido, pela criada, como 12 de Jesus, como um de Seus discípulos. Como 12, você será conhecido pela autoridade que Deus tem confiado a sua vida, independente da geração a que pertença; o mundo espiritual está atento. Daí a necessidade de ser Modelo, porque os 12 são denunciados no mundo físico e espiritual.

A unção de ser 12

1. Envolve família

A unção daquele que é 12 compromete toda a sua família. A sogra de Pedro nunca imaginou que Jesus entraria na casa dela, mas por causa de Pedro, Ele entrou e orou para que o espírito de febre saísse e ela fosse curada (Lucas 4:38,39). Por aquele que é 12, toda a família virá e servirá ao Senhor no poder sobrenatural. Os 12 são autoridades legítimas constituídas por Deus.

2. Identifica autoridade

Quando Jesus chamou os 12, deu-lhes autoridade para realizarem sinais, milagres, prodígios e maravilhas por onde passassem. Eles representavam a autoridade de Jesus. Como 12, você é autoridade no mundo espiritual. E autoridade não é o mesmo que autoritarismo, por isso você não precisa se autoafirmar para ser respeitado. Você será respeitado pela essência de Yeshua na sua vida.

Somos identificados pela autoridade. Se você ainda não tem os 12, creia que os terá. Deus lhe dará os 12. Jesus disse que o fator de ter 12 e de ser 12 reporta autoridade.
Eram os 12 que possuíam o chamamento de expulsar demônios, curar enfermos, ressuscitar os mortos e limpar os leprosos. Os 12 tinham essa maturidade e unção ministrada por Jesus.

Discípulos só podem desenvolver plenamente suas funções debaixo da autoridade do Mestre. “E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder (autoridade) sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal. (...) Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.” (Mateus 10:1,8)

3. Forma equipe

Quando Jesus escolheu os 12, separando-os dentre a multidão de discípulos que possuía (Lucas 6:12-16), formou uma Equipe. Da multidão que O seguia, Jesus precisava ter uma equipe formada que O representasse, que Ele chamasse cada um pelo nome; porque na equipe somos conhecidos pela identidade que temos; sabemos quem é de verdade, quem possui a chamada.

A equipe de 12 de Jesus não estava pronta. Isso mostra que você não precisa ficar 10 anos esperando discípulos perfeitos para formar os seus 12. Apesar da imaturidade, da falta de gerenciamento dos que se tornaram 12 de Jesus e de todas as crises que passaram, eles eram uma equipe e possuíam uma autoridade dada por Jesus, tanto que o Senhor os chamou de Apóstolos.

4. Traz um novo manto

A unção de ser 12 traz um novo manto. Os 12 de Jesus foram chamados de Apóstolos, tornaram-se detentores de um novo manto, uma nova unção. A unção de ser 12 que está sobre a sua vida é uma unção apostólica, há um novo manto, uma nova unção sobre você.

Os demais discípulos, no que diz respeito às ações de ministério, não tiveram a mesma evidência ministerial dos 12 de Jesus; porque a unção de ser 12 é diferente. Quando formamos os 12, entramos em um manto apostólico. Por isso, precisamos trabalhar para levantar os 12. Somos uma Igreja Apostólica e queremos que todos estejam cobertos com este manto. Não queremos apenas que você seja um 12, mas que também forme sua equipe de 12.

Ser 12, Ter os 12, Formar a Equipe dos 12

Quando o entendimento de ser 12, ter os 12 e formar a equipe de 12 alcançar a Igreja, então desataremos as centenas e os milhares de 12 que receberão a unção para envolver família, identificar autoridade e caminhar sob um novo manto. É disso que precisamos.

Os 12 são uma Visão de autoridade. Se autoridade para Jesus fosse sete, Ele teria levantado sete, mas levantou 12 por sinais proféticos, e porque há um sinal espiritual de autoridade. Levantaremos os 12 seguindo o Modelo ensinado por Jesus e não nos desviaremos do alvo: formar o caráter do Messias em cada discípulo.

12 – Autoridades para desatar a Visão

Os 12 têm autoridade para desatar a Visão, porque através das células a Visão cresce, mas, pelos 12, a Visão se multiplica. Se você não entender isso, nunca conseguirá ser um líder de êxito dentro da Visão Celular. Você precisa conquistar essa autoridade para compreender para quê foi chamado no Reino.

Você não pode ser apenas 12, mas precisa ter os 12 e formar sua equipe de 12. Essa é a sua chamada. Talvez você pense que já sabe e já ouviu tudo o que precisa aprender sobre ser e ter 12. Mas a Visão entrou em maturidade e você só descobrirá se o que sabe e ouviu realmente foi aprendido pelo desatar que consegue ver ao seu redor.

Se você ainda não é 12, se ainda não tem os 12, se ainda não conseguiu formar a sua equipe, então você ainda precisa aprender sobre ser autoridade para desatar a Visão na sua vida. Porém, não se entristeça! Deus nos entregou o legado da Visão e está vindo uma nuvem que acordará muitos, mesmo os que estão em gerações distintas. O que você precisa fazer é entender o caráter da Visão, ser levantado como 12, formar, em um tempo breve, a sua Equipe de 12. O Senhor lhe dará vitória.

Jesus começou a Visão dos 12

Não somos uma Igreja que vive de avivamentos passageiros. Entraremos em uma unção de Reforma. Os avivamentos podem nascer, crescer e morrer; não é isso que queremos para as nossas vidas, para os 12, para as equipes. Porque, infelizmente, muito fogo de avivamento já não existe mais. O que mantém o avivamento vivo é a visão de Reforma, porque ela nasceu em Jerusalém e voltará para lá.

Jesus não instituiria uma Visão para que morresse. Não há nada que Jesus fez, instituiu, que não prospere. Quem começou a Visão dos 12 foi Jesus. E que equipe Ele tinha! Judas se suicidou, Pedro O traiu... Pare e pense no que você faria, em como ficaria sua saúde emocional se você estivesse no lugar de Jesus.

Jesus teve uma baixa na equipe, a equipe ficou incompleta, mas recebeu poder do Alto para que fosse completada novamente. Em Atos dos Apóstolos, vemos que a pessoa a ser escolhida precisava ter dois requisitos: ter caminhado com João – ter conhecido a doutrina do deserto, ser preparado – ter conhecido Jesus – ter visto e contemplado os Seus feitos. E encontraram Matias, que foi aceito.

Quando a equipe estava incompleta, apenas com 11 discípulos, o poder de Deus ficou detido. No dia em que fecharam os 12, aconteceu Pentecoste e foi desatada uma unção de milagres, sinais, prodígios e maravilhas. No dia em que você fechar sua equipe de 12, o poder de Deus será completado na sua equipe.

Os 12 completam um território

Os 12 não podem ser escolhidos por currículo, mas por consciência profética. Você precisa ver em cada um deles uma ameaça para o inferno, ver que tem uma identidade pessoal, mas também uma identidade apostólica para sinais, prodígios, milagres e maravilhas acontecerem.

Os 12 representam um território completo. Eles não são um ensaio de gente para ficar disputando um com o outro, chorando mágoa, reclamando porque o discipulador não ligou, não mandou mensagem... Não! Quando formamos os 12, retornamos para Deus. Porque a Visão nos devolve a Deus para que a graça, o poder, o sobrenatural de Deus seja derramado através dos 12. Assim, a vida de Deus é manifestada de forma que os territórios se tornam pequenos.

Quem ainda não tem os 12 está com o território incompleto. Quem perdeu os 12 ficou sem território. Você pode estar na Visão, mas a Visão tem um Modelo, os 12. Quem não tem os 12 não é Modelo na Visão. O Modelo forma a Equipe de 12 onde cada um sabe quem é e o que representa.

Todos os que abortaram os 12 morreram na Visão. Mas todos os que insistiram com os 12 prosperaram. A Visão é mantida pelo Modelo. Somos o Modelo e decidimos viver por ele. Esse foi o Modelo pelo qual eu, Apóstolo Renê Terra Nova, decidi viver. Mas, e você? Eu decidi viver pelo Modelo dos 12 e se essa for a sua decisão, Deus lhe dará um território completo, de autoridade e, por onde você passar, haverá uma conquista sobrenatural.

Não tenha medo e não deixe que a covardia vinda do inferno o impeça de fazer o que Deus quer que você faça. O espírito de medo coloca um jugo terrível e faz com que o líder fique debaixo de engano e não consiga mais romper. Seja forte, maduro e não permita que entre nenhum tipo de medo e desequilíbrio.

Os 12 são a devolução de uma Visão que tomará o Planeta, entrando nas casas, através as células, pregando o Evangelho, dando continuidade ao Modelo de Jesus. A Visão é o Modelo de Jesus, o Modelo dos 12.

Apóstolo Renê Terra Nova

“Os 12 não podem ser escolhidos por currículo, mas por consciência profética.”
“A Visão é mantida pelo Modelo. Somos o Modelo e decidimos viver por ele.”
“Jesus levantou 12, porque há um sinal espiritual de autoridade.”

 
 
VISITANTES: 650881
PRINCIPAL
MATÉRIAS
ENTREVISTAS
MINISTRAÇÕES
MENSAGENS
GALERIAS DE FOTOS
 

Copyright © 2010 Ministério Internacional da Restauração. Expediente