“Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.” (João 17:17)

Ser santo é uma condição de quem é filho de Deus. Somos filhos de Deus e devemos possuir a mesma natureza de Deus, o mesmo DNA de Deus. Ele quer que sejamos introduzidos em outro nível de santidade. Normalmente, o padrão do nosso entendimento de relacionamento em santidade é entre nós e Deus, Deus e nós. Mas o que Deus quer para nossa vida e para o nosso coração é para além disso, além do nosso relacionamento com Ele.

Na verdade, Deus quer que o nosso relacionamento com Ele seja externado para as pessoas. Talvez algumas conquistas na sua vida estejam detidas justamente por causa disso. Você diz: “Eu leio a Bíblia, eu entrego o dízimo, eu honro a Deus com a minha vida...”. Talvez existam muitas características boas dentro de você, mas essas características precisam ser externadas em uma vida de santidade.

Na chamada da santidade, está incluído o relacionamento com Deus e com o próximo. Somos ensinados a amar de forma cordial. Para isso, é preciso ter uma vida de padrão de santidade. O relacionamento estabelece uma verdade de quem você é. É através do relacionamento que você externa a santidade do Pai em sua vida.

VENÇA A ANOREXIA ESPIRITUAL

É preciso ser santo e andar em santidade em todo tempo. Imagine que há pessoas que, diariamente, jejuam uma refeição como o café da manhã, por exemplo. Elas já estão acostumadas a ficar sem essa refeição e, após um tempo, terão que fazer jejum de outra refeição, porque essa já não faz mais falta, ou seja, já não é mais um sacrifício. Mas, isso não significa que, por não fazerem a primeira refeição do dia, ela não seja importante.

Então, vamos pensar que a questão da santidade em nosso dia a dia está, para o nosso corpo, como a primeira refeição. Quando você acorda, a santidade está para a sua vida espiritual, para você, para o seu ser cristão, como a sua primeira refeição é necessária para o seu dia a dia. Mas você precisa tomar essa consciência.

O que percebemos no contexto de vida das pessoas anoréxicas é que, dentro delas, em suas faculdades mentais de percepção, elas excluíram dos seus registros a necessidade de se alimentarem. Para elas, existe outra informação muito mais forte que é a de que não precisam de nenhum tipo de alimento, por isso ficam sem se alimentar e, ao ingerirem qualquer tipo de alimento, sentem-se mal.

Ficamos nos indagando: como alguém pode ficar sem comer ? Parece algo tão óbvio, dentro das necessidades fisiológicas, a necessidade de alimentar-se. Mas isso para pessoas que se alimentam normalmente, porque para os anoréxicos ter de se alimentar é um absurdo. Não importa quão magros eles estejam, a impressão que têm de si próprios é que estão exageradamente obesos, quando isso não é verdade.

Na Juventude, principalmente, é preciso tomar muito cuidado para não se tornar um anoréxico espiritual. Os anoréxicos espirituais acordam e não sentem necessidade de se alimentar de santidade. Não sentem a necessidade de acordar e buscar a presença do Pai para receberem dAquele que é Santo.

Santidade é combustível. É qualidade de vida e manifestação de vida com Deus em nosso dia a dia. Nossa primeira necessidade ao acordar deve ser a de buscar a Deus, porque Ele é o nosso TUDO. Somente Ele pode curar a anorexia espiritual, esse mal do século que tem atacado muitos dos Seus filhos.

A anorexia espiritual codifica na mente que não precisamos de santidade e, consequentemente, não sentimos necessidade de ir para os pés de Jesus. Porém, precisamos ter o sentimento ao acordar de que nós somos de Deus e pertencemos a Ele. Não podemos ser anoréxicos espirituais.

Vários textos na Bíblia, quando se referem ao povo de Deus, os autores começam a narrativa escrevendo aos santos que invocam o nome do Senhor Jesus Cristo. Vemos isso em Romanos, Coríntios, Gálatas e em outros livros quando se trata de saudação nas inúmeras cartas escritas. Foram escritos e destinados aos santos. Por que destinar aos santos uma carta? Por que destinar a eles uma saudação específica? Pela necessidade de serem santos, de serem pessoas tratadas, pessoas aprovadas, pessoas atentas aos princípios, para cumpri-los.

Santidade, um universo amplo de uma palavra apenas

Para manifestar santidade, precisamos caminhar na direção de cumprir alguns elementos como o de ser uma pessoa tratada, uma pessoa atenta em cumprir os princípios, não apenas sabendo quais são os princípios que me foram estabelecidos, mas buscando, além de captá-los, cumpri-los um a um.

Quem manifesta santidade é mais puro, sem malícia, sem maldade. A palavra santidade quer dizer separado para coisas boas, aquele que vive no Altar e para o Altar, ou seja, santificado. Se ampliarmos e aprofundarmos esse conceito, podemos afirmar que é aquele que está adequado para a manifestação da presença de Deus. Ora, se a presença de Deus está presente e não há adequação, haverá fulminação. Porém, se a presença de Deus está em nós, haverá manifestação da Sua glória. E quando a presença da glória de Deus se manifesta, é para fazer de você alguém mais santo e mais preparado para vencer.

Quem tem um estilo de vida que comporta a presença de Deus, tem tudo o que precisa e tudo o que as pessoas precisam para ter um encontro verdadeiro com o Senhor. O que as pessoas precisam é de alguém que genuinamente reflita a vida de Deus para que possam tocar. Porque no universo comum das pessoas não é possível tocar em Deus. Elas não sabem onde está Deus de verdade, não conhecem o socorro que Ele tem, não entendem que Deus é Santo.

A graça não veio para anular os princípios divinos. A graça de Jesus veio para nos fazer ainda mais santos. Por isso, quando pecamos, precisamos confessar as nossas culpas. Estar santo ao Senhor é diferente de ser santo ao Senhor. Cada vez mais, em nossas vidas, devemos ser santos ao Senhor. É muito profundo, porém, isso não significa que estamos em um jugo maior; não é isso. Mas significa que estamos mais comprometidos com Deus para que Ele esteja mais comprometido conosco. Precisamos ser santificados pela Palavra.

Visualizações: 194

Plano de Leitura Bíblica

14 Out
2 Crônicas 3 e 4
Ezequiel 40
João 6
15 Out
2 Crônicas 5 e 6
Ezequiel 41
João 7
16 Out
2 Crônicas 7
Ezequiel 42
João 8
17 Out
2 Crônicas 8
Ezequiel 43
João 9 e 10
18 Out
2 Crônicas 9
Ezequiel 44
João 11
19 Out
2 Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12
20 Out
2 Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14