“Comer muito mel não é bom; não multipliques, pois, as palavras de lisonja. Como a cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.” (Provérbios 25:27,28)

Mel fala de doçura. A Bíblia nos ensina que devemos aprender a comer as coisas por medida. Comer muito mel não é bom, assim como procurar a própria honra também não é bom. Dificilmente alguém consegue comer 10 colheres seguidas de mel, porque na terceira já não aguenta mais. Um toque de mel é bom, mas comer demais não é, porque satura o paladar.

Saber a dosagem certa

A Bíblia nos mostra que precisamos dar sabor às coisas, mas por etapa. Por isso a Palavra nos ensina que tudo no tempo de Deus é formoso e perfeito. Porém, algumas pessoas estragam o plano de Deus porque comem demasiadamente. Querem receber resposta para todas as coisas, querem saber de tudo; é como se estivessem tentando a Deus ou sendo altivas em conhecimento.
A Bíblia faz a comparação entre o mel e a honra. Temos que aprender a lidar com as honras, para não nos desviarmos do propósito e cairmos. Falar menos e ouvir mais é uma virtude que ajuda nessa questão. Deus tem nos mostrado que precisamos aprender a ouvir mais do que falar. Se Deus quisesse que falássemos muito e ouvíssemos pouco, ele teria nos dado duas bocas e um ouvido. Deus está nos dizendo que devemos ser comedidos e temos que pensar muito antes de falar algo.

Precisamos dosar, medir o que falamos, pois pelo muito falar vem as palavras tolas, absurdas e de conflito. A sua boca precisa ter o domínio do Espírito. A nossa palavra deve ser temperada com sal. E, para tanto, precisa-se de uma medida para não ficar tão salgado e nem insosso.

Tanto para o mel, quanto para o sal, é necessária uma dosagem que não seja demasiada. A Palavra, então, nos adverte da quantidade de mel que comemos, porque podemos pensar que está nos fazendo bem e pode estar nos causando náuseas.

“Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel. Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem.” (Isaías 7:14,15). Deus quer que aprendamos a comer mel e manteiga na quantidade certa. Precisamos compreender a quantidade certa das coisas, pois tudo o que o Senhor nos dá é por medida.

Quando aprendemos a comer a quantidade certa de mel, temos discernimento, entendimento, visão. O Senhor quer que o nosso entendimento seja plenamente aberto. E, como isso acontecerá? Quando aprendermos a comer com a dosagem certa. Há pessoas que exageram no que estão fazendo e acabam estragando tudo, porque saem do ponto.

Receita de equilíbrio

A Bíblia está nos mostrando uma receita de equilíbrio. Ela está dizendo: Saiba como comer o mel. Uma pessoa que sabe dosar seu alimento terá equilíbrio de visão e entendimento. Como vamos aprender a ser comedidos se não usarmos a receita de equilíbrio que a Bíblia nos ensina?!

Cuidado com o excesso de mel. Muito mel faz mal, faz passar do ponto, sair do discernimento e perder a harmonia. Você precisa ter uma medida, saber ser sal e luz, exatamente como Mateus nos ensina, no capítulo 5. Luz para arrancar as pessoas das trevas e sal para dar sabor. Se o sal for insípido, como poderá dar sabor? Tudo que formos fazer tem que ter sabor equilibrado, na medida certa. Nada pode ultrapassar os limites que são estipulados, senão saímos da rota e perdemos a direção.

Deus quer trazer uma unção de medida em Sua graça maravilhosa a ponto de falarmos do amor de Jesus e do Reino e as pessoas se encheram na medida certa. Tudo isso para que não falte o equilíbrio e venha saúde para nós, nossa família e às pessoas com as quais convivemos, afinal, vivemos em um século de grande exigência.

Nessa receita de equilíbrio é fundamental saber que para ter sucesso é preciso aprender a falar menos de si mesmo e mais de Deus. Quando falamos de nós, perdemos a dosagem, o equilíbrio e entramos em desonra. Se você vive contando coisas que o Senhor tem feito através de você, se autopromovendo, dizendo que é para a glória de Deus, precisa se submeter ao tratamento de equilíbrio. Quando você der o seu testemunho, tenha a certeza que está glorificando ao Senhor.

Você será uma pessoa equilibrada quando se deixar ser cuidado. Enquanto as pessoas não se deixarem ser cuidadas, nunca terão o crescimento que esperam. Quem não se deixa pastorear não é ovelha, quem não se deixa discipular, não é discípulo. Para que você receba cura, precisa deixar que alguém cuide de você.

Se existem áreas mortas na sua vida, permita-se experimentar a ressurreição. Assim como Jesus desceu à sepultura com seu corpo cheio de feridas e marcas profundas, mas levantou ao terceiro dia plenamente sem dores, você também ressuscitará na sua alma, nas suas emoções, nos seus sonhos. Porém, não esqueça que é preciso se submeter à glória do Pai (Romanos 8:11).

Aprenda a falar menos de si e mais de Deus, busque ter uma linguagem sã, o entendimento aberto, o discernimento entre o bem e o mal. Entenda que Jesus é o centro da sua vida. Tenha menos de você e mais de Deus, pois convém que você diminua e que Jesus cresça.

Visualizações: 1987

Plano de Leitura Bíblica

11 Nov
Esdras 7
Oseias 8
Atos 27
12 Nov
Esdras 8
Oseias 9
Atos 28
13 Nov
Esdras 9
Oseias 10
Colossenses 1
14 Nov
Esdras 10
Oseias 11
Neemias 1
15 Nov
Neemias 2
Oseias 12
Colossenses 3 e 4
16 Nov
Neemias 3
Oseias 13
I Tessalonicenses 1 e 2
17 Nov
Neemias 4
Oseias 14
I Tessalonicenses 3 e 4