“Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” (Filipenses 2:13)

Os desejos do Espírito têm destinos, assim como os desejos da carne têm consequências. A Bíblia diz em Gálatas 5:16-26: “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.”

Viver para Deus

Viver para Deus deve estar acima dos sentimentos humanos, caso contrário, você não suporta as dificuldades e deixa a missão de servir ao Senhor por amor no meio do caminho. Temos visto homens de Deus que um dia já deram, literalmente, a vida no Evangelho, perderem o foco da chamada por se deixarem vencer por sentimentos, pelos desejos da carne.

O chamado é doloroso e requer algumas renúncias. Ninguém foi chamado para ser aplaudido. Para servir a Jesus com inteireza de coração é preciso fazer o caminho da Cruz. E nesse processo é importante saber que existem desejos dentro de nós que não são nossos, são químicas divinas para cumprirmos a chamada que recebemos do Pai, como existem desejos que são da carne para nos afastar do Caminho, Jesus.

Em Salmo 42:1,2 Davi retrata o que ele sentia pelo Senhor. “A minha alma tem desejos e suspira por Ti...” Como Davi, temos que desejar estar na presença do Pai e dedicar ao Reino nossos dons e talentos. Esses são desejos que precisam e devem ser intensos na vida daqueles que amam Jesus, como:

Desejar servir

Servir é a forma de externarmos que estamos em linha com Ele e conscientes da missão que nos fora confiada. Servir não é apenas para quem já é líder. Jesus nos ensinou a servir, sendo o nosso Modelo maior. “... Eu, porém, entre vós sou como aquele que serve.” (Lucas 22:27)

Quando eu olho os personagens bíblicos, de Noé a Paulo, passando por todos os notáveis da Palavra, o que me impacta é a chamada para fazer o bem a outrem. Se estamos pensando em nós, somos egoístas e não estamos vivendo o chamado, bem como não estamos sendo guiados pelo Espírito, mas pelos desejos da carne.

Temos que servir como Jesus, com o mesmo sentimento que pautava a vida dEle. “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.” (Filipenses 2:5-8)

Desejar amar

Amar é um mandamento! Se decidirmos amar, amaremos! O amor é o vínculo da perfeição. O maior mandamento é o amor, não podemos servir a Deus e ao Reino sem desejar amar. Você não tem a obrigação de gostar de ninguém, mas te uma ORDEM para amar a todos.

Servir sem amar é fazer o inútil e atrair resultados falidos. O mandamento por promessa é este: Nos amarmos. “Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.” (João 15:17)

Desejar fazer

Fazer a obra enquanto é dia, pois a noite vem, quando ninguém poderá mais trabalhar. “Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.” (João 9:4). É isso mesmo, desejar fazer o novo, de novo, outra vez, novamente, insistentemente, fazer e fazer.

Agradeça a Deus por tudo o que você faz, e sempre busque aprender uma lição. Essa é a missão de um chamado. Em breve você estará em novos postos, sendo um modelo e colocado na linha de frente. Às vezes, você terá alguns estresses por causa de certos afazeres, mas isso é salutar e faz parte do chamado. A noite vai chegar, isso quer dizer que em um tempo isso tudo acaba, precisamos estar em ordem para fazer a obra de um apaixonando. E ainda que você não compreenda o que está acontecendo e como estão acontecendo as coisas, continue desejando servir, amar e fazer, pois na maneira como você serve, você diz o quanto ama a Deus.

Visualizações: 3151

Plano de Leitura Bíblica

14 Out
2 Crônicas 3 e 4
Ezequiel 40
João 6
15 Out
2 Crônicas 5 e 6
Ezequiel 41
João 7
16 Out
2 Crônicas 7
Ezequiel 42
João 8
17 Out
2 Crônicas 8
Ezequiel 43
João 9 e 10
18 Out
2 Crônicas 9
Ezequiel 44
João 11
19 Out
2 Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12
20 Out
2 Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14