“Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto.” (Salmo 100:2)

Servir ao Senhor com alegria. Essa é a chamada para os que conhecem a Deus. Não podemos somar tristezas no coração por causa das dificuldades que surgem na caminhada e até dentro da Igreja.

Claro que temos as nossas crises. Somos humanos, mas nada poderá roubar o prazer e alegria de servir a Deus. Os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, que não se abalam, mas permanecem para sempre, é o que diz o Salmo 125:1.

Nossa confiança está em Deus e devemos nos valer dessa verdade. Todos os dias devemos nos autoministrar sobre essa visão maravilhosa de Deus estar nos capacitando e treinando para algo muito mais alargado do que possuímos.

A alegria de Deus é um legado na nossa alma. A alegria do Senhor é a força da nossa vida, traz as compensações que um ser humano normal não consegue ver, mas os que são chamados entendem. Existem coisas que são pertinentes aos chamados, e só os chamados entendem essa conexão de alegria entre o Senhor que chama e o Servo que serve.

A alegria é o combustível da persistência

Eu tenho visto que algumas pessoas murmuram em meio ao treinamento e estão desistidas nas crises que enfrentam durante a chamada. Claro que não podemos subestimar as situações adversas, mas um poder do alto nos reveste de força para que a chamada seja consolidada a uma completude de alegria ministrada por Deus na nossa vida, para que desfrutemos das promessas dEle. “Tenho-vos dito isto, para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja completa.” (João 15:11)

A alegria é uma promessa do Messias

Todo chamado, involuntariamente é inundado dessa alegria. Sua chamada, quando avaliada diante do Pai, você nota que tem um sentimento que invade sua essência. Óbvio que as circunstâncias adversas são roubadoras da nossa energia e paz, em muitos momentos. Porém, existe uma promessa da parte de Deus para nos restaurar, e ministrar ao nosso espírito que podemos avançar sem perder o foco da alegria do Reino.

Somos chamados para essa verdade. “Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém vo-la tirará. E naquele dia nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra.” (João 16:22-24)

A alegria, quando vem de Deus, é um sentimento de dentro para fora, reconhecida como regozijo, uma sensação de prazer por estarmos no foco certo e cumprindo a chamada que Ele fez para nós. O servir com alegria não é um desejo humano, é uma ordem divina. Ainda que alguns interpretem como emocional, existe a promessa e também o comando do Senhor: SERVI AO SENHOR COM ALEGRIA!

Não é fácil executar essa ordem, mas é possível se apossar dessa verdade. Porém, o regozijo, eu interpreto como unção dobrada da alegria, que é o antídoto contra os venenos das decepções, que vai estar inundando nossa essência e ministrando ao nosso espírito.

A ordem continua. “Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.” (Filipenses 4:4). A compensação para aqueles que servem ao Senhor de forma correta é inenarrável, pois o Senhor nos dará como presente a bênção da alegria incontida naqueles que O servem.

Você pode mensurar esse privilégio? “Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas joias. Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.” (Isaías 61:10,11)

Mantenha a sua alegria em alta!

Visualizações: 837

Plano de Leitura Bíblica

20 Mai
Josué 5 e 6
Isaías 10
II Tessalonicenses 1
II Tessalonicenses 2
21 Mai
Josué 7
Isaías 11
II Tessalonicenses 3
22 Mai
Josué 8
Isaías 12
I Timóteo 1 a 3
23 Mai
Josué 9
Isaías 13
I Timóteo 4 e 5
24 Mai
Josué 10
Isaías 14
I Timóteo 6
25 Mai
Josué 11
Isaías 15
II Timóteo 1
26 Mai
Josué 12
Isaías 16
II Timóteo 2