“Que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.” (Salmo 8:4,5)

O Senhor confia em nós. Se todo o texto fosse esse já teria valido a pena. O Senhor confia em nós. É inexplicável como um Deus tão grande pode crer em alguém tão pequeno, como um Deus tão completo investe em um ser incompleto, como um Deus tão Santo confia em um pecador.

Que graça poderosa! Que poder sobrenatural! Esse mesmo Deus, com atributos tão generosos, decidiu nos chamar para sermos a coroa da Sua Criação e trabalhar nosso caráter para sermos Seus embaixadores aqui na Terra. “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” (II Coríntios 5:20,21)

Ser Coroa da Criação é uma Escolha

A grandiosidade do Senhor nos escolheu. O que é Escolha? A escolha é uma decisão de investir. Ele quer investir em nós, mas não nos deixou sozinhos, temos o espírito da promessa em nós que cura toda orfandade para quem tem a síndrome de Filipe e que fica sondando o caráter: “Mostra-nos o Pai”. Com o auxílio do Espírito Santo (Paracletos) que vive em nós, toda e qualquer chamada se tornará possível e as habilidades do Reino vão ativar os dons dEle em nós.

Somos coroa da Sua Criação! Quem nos deu esse nome? Deus. “Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, as aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!”. (Salmo 8:1-9). Se alguma crise quiser se aproximar da nossa geografia vocacional, a presença do Eterno, casada com Sua Palavra, nos consolidará de qualquer seta que queira acertar o alvo da nossa mente. Somos escolhidos como Coroa da Criação.

Ser Coroa da Criação é uma Missão

O Senhor não nos deu um apelido, Ele nos batizou com uma IDENTIDADE. Somos Coroa da Criação! Ele nos pôs em rota firme e instruiu os nossos passos para não entrarmos em embaraços. “Portanto, nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.” (Hebreus 12:1-3)

Qual o objetivo da coroa? Dar honra ao Rei e dignificar o Reino. A coroa sozinha não cumpre sua missão, precisa da CABEÇA legitimada para ter autoridade. Nós honramos e damos a legalidade para que o Senhor reine na Terra. Somos uma autoridade debaixo do comando dEle, para que o sinal no mundo espiritual seja homologado. A coroa é o tesouro de testemunho. Quando o Rei é coroado, ela ganha poder sobre os territórios representados.

Não podemos deixar que nossa confiança seja minada. Vamos continuar a caminhada com os olhos fitos no Autor e Consumador da nossa fé, sem desviarmos os passos no caminho, lembrando sempre que somos os pés nesta jornada, mas estamos coroando o Rei com nossas atitudes, e permitindo que nossa chamada seja expandida.

Quando alguém ou alguma coisa quiser roubar esse privilégio da Escolha e da Missão, vamos prosseguir para o alvo. Somos lembrados por Ele, estamos guardados em memória eterna e a Escolha e a Chamada bem elaboradas em nós são suficientes para consolidarmos a ROTA que Ele indicou para que andássemos nela.

E quanto aos ímpios e iníquos, não se abale por causa deles, pois terão, ao seu tempo, suas recompensas. “Porque o JUSTO nunca será abalado; ele estará em memória eterna. Não temerá maus rumores; o seu coração está firme, confiando no Senhor. O seu coração está bem confirmado, ele não temerá, até que veja o seu desejo sobre os seus inimigos.” (Salmo 112:6-8)

Visualizações: 2249

Plano de Leitura Bíblica

15 Jul
1 Samuel 29 e 30
Jeremias 5
Mateus 16
16 Jul
1 Samuel 31
Jeremias 6
Mateus 17
17 Jul
2 Samuel 1
Jeremias 7
Mateus 18
18 Jul
2 Samuel 2
Jeremias 8
Mateus 19
19 Jul
2 Samuel 3
Jeremias 9
Mateus 20
20 Jul
2 Samuel 4 e 5
Jeremias 10
Mateus 21
21 Jul
2 Samuel 6
Jeremias 11
Mateus 22