Hoje é o dia que Deus escolheu para mudar a sua vida. Porque você é filho dEle, identificado pelo fato de ser guiado pelo Espírito Santo e ser protegido por Ele. A Palavra declara que o maligno não toca na sua vida, visto que as suas transgressões foram escondidas. E como é bom saber que somos protegidos pelo Senhor, porque a nossa essência de filho nos resguarda.

Agora, você sabe o que dá a você o direito de raciocinar por princípios, de ter uma audição seletiva e ter guardas de plantão a seu favor impedindo que o inimigo entre? O fato de ser filho de Deus e cumprir os princípios contidos na Sua Palavra.

Como filho de Deus você tem direito a inúmeras conquistas, e vamos listar três delas:

1. Ser nascido de novo

Ser nascido de novo é motivo de celebração para os que são salvos e vão morar na Eternidade com Cristo. “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados. Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só por água, mas por água e por sangue. E o Espírito é o que testifica, porque o Espírito é a verdade. Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num. Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou. Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu. E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (I João 5:1-12)

Você já agradeceu hoje a bênção de ter sido alcançado por Deus e ser nascido de novo?

2. Manter a nova natureza

Aquele que mantém a nova natureza mantém a vida de Deus. “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia.” (II Timóteo 1:12)

Precisamos ser gratos pela vida de Deus em nós, pela nova natureza que Ele nos deu. Somo a casa que Ele escolheu para viver. Nossa vida é o transporte dEle na Terra. Que grande privilégio o nosso!

Alguns não conseguem preservar essa filiação porque não persistem na vida de Deus, antes perdem-na por causa do pecado. Mas os que perseveram, devem celebrar a bênção de guardar o bom depósito.

3. Reproduzir a vida de Deus

Todos os que passarem pela nossa vida devem receber um impacto de mudança para que nasçam de novo em Cristo Jesus, para sermos, de direito e de fato, pais e mães de multidões.

Deus nos escolheu também para sermos reprodutores da vida dEle na Terra, alcançarmos os perdidos, levarmos o amor que pulsa em nós e destilarmos a sabedoria que Ele nos deu, representada em ganharmos vidas, como Provérbios declara. “O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio.” (Provérbios 11:30)

“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade. E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado. Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu. Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.” (I João 1:3-10)

Como filhos de Deus, que possamos viver em conformidade com a missão que recebemos, com o caráter de quem tem a Sua natureza e, assim, andarmos na Terra praticando justiça e sendo justos; não perfeitos, mas em busca da perfeição.

Desfrute a sua condição, de filho de Deus! Viva em conformidade à missão que a você foi conferida. Seja o melhor que você puder. Faça diferença na sua casa, no seu trabalho, na Igreja... Que todos saibam que ser filho de Deus fez você se tornar uma pessoa relevante na sua geografia.

Visualizações: 1084

Plano de Leitura Bíblica

22 Abr
Deuteronômio 5
Eclesiastes 1
João 17 e 18
23 Abr
Deuteronômio 6 e 7
Eclesiastes 2
João 19
24 Abr
Deuteronômio 8 e 9
Eclesiastes 3
João 20 e 21
25 Abr
Deuteronômio 10 e 11
Eclesiastes 4
Atos 1
26 Abr
Deuteronômio 12
Eclesiastes 5
Atos 2
27 Abr
Deuteronômio 13 e 14
Eclesiastes 6
Atos 3 e 4
28 Abr
Deuteronômio 15
Eclesiastes 7
Atos 5 e 6