“E firmarei minha aliança contigo, e extraordinariamente te multiplicarei.” (Gênesis 17:2)

Toda aliança firmada em Deus é poderosa. Em Gênesis 17:2, Deus está firmando uma aliança com a promessa de uma extraordinária multiplicação. E essa palavra é viva ainda para os nossos dias. Se fosse eu falando, dentro das minhas limitações, você poderia até avaliar, mas é Deus quem está falando. Então, o que podemos esperar é realmente algo fora do comum, fora do natural, grandioso além do que podemos pensar.

Precisamos saber que só há uma fórmula para o crescimento extraordinário de Deus se manifestar na vida de alguém que decide receber esta unção: Estando em aliança com o Senhor. A aliança do Senhor nos respalda para o crescimento em todas as áreas da nossa vida. Claro que para isso, cabe a cada um de nós honrar os princípios da aliança que temos com Deus e com os líderes que estão sobre nós.

Um homem de aliança acrescenta o seu rebanho

O líder de êxito que multiplica de forma correta é um líder de aliança. Você quer multiplicar? Então, honre a aliança que tem com Deus. Quem não procede assim vive estéril, e perde até aqueles que pensa serem seus.

Mais uma vez, exemplificamos a atitude das duas partes de uma aliança como o casamento. Um homem e uma mulher, quando casam, não podem mais viver independentes um do outro. Gálatas 3:15 afirma: “Uma aliança, embora de homem, uma vez confirmada, ninguém a anula, nem lhe acrescenta coisa alguma.” Ou seja, mesmo uma aliança comum, entre seres humanos, se for confirmada, frutifica. O fruto é a herança manifestada.

Somos pais e mães de multidões, mas se não houver aliança entre discípulos e discipuladores, a multidão será apenas um agrupamento.

Há líderes que quase imploram para seus discípulos comparecerem às convocações para cultos de multiplicação, para não passarem vergonha. Aí não há compromisso. Nossa atitude deve ser de nos tornarmos um com o discipulador, para juntos guerrearmos, vencermos e arrancarmos a ovelha da boca do urso e da boca do lobo. Assim o rebanho será intocável.

Deus diz que nos fará multiplicar extraordinariamente. Extraordinário ultrapassa o que é ordinário. É o prenúncio do que Deus trará sobre nós. Vamos nos alegrar, porque Deus está olhando para as nossas vidas e liberando uma chuva de bênçãos.

Obediência e renúncia são requisitos para um líder

Os textos de Filipenses 2:5-11 e Mateus 8:5-10 nos mostram O Poder da Aliança de Jesus com o Pai e o quanto Ele obedeceu e renunciou a Si mesmo por amor a nós e para cumprir a missão que recebera de Deus.

Quem quiser ser líder de uma multidão vai ter que estar disposto a obedecer a Deus, seguir as instruções do líder e renunciar uma “multidão” de coisas. Sim! Porque tudo na vida tem um preço, tanto para os que são nascidos de novo como para os que não são. A Salvação que nos é dada pela graça de Deus custou o preço mais alto do Universo: O sangue de Jesus derramado na Cruz. Portanto, para ser um líder que vive em aliança com Deus é preciso seguir três passos:

· Renunciar

· Continuar renunciando

· Viver renunciado.

Renunciar é dizer sim para Deus sempre, sabendo que todas as vezes que você diz sim para Deus, renuncia algo, deixa alguma coisa para trás. A renúncia e a obediência caminham juntas. No Reino de Deus não existe ninguém que renuncie sem ter o caráter de obediência. Para renunciar é preciso conhecer a rota do obedecer.

Que você prossiga firme na caminhada, buscando a cada dia viver mais perto de Deus. Porque quanto mais perto de Deus, mais aliançado com Ele. E quanto mais aliançando com Ele, mais você quer obedecê-lO e agradá-lO. E quanto mais você obedece e agrada ao Pai, mais certeza tem que de que vale a pena renunciar as coisas da Terra para herdar o Céu.

Visualizações: 113

Plano de Leitura Bíblica

11 Nov
Esdras 7
Oseias 8
Atos 27
12 Nov
Esdras 8
Oseias 9
Atos 28
13 Nov
Esdras 9
Oseias 10
Colossenses 1
14 Nov
Esdras 10
Oseias 11
Neemias 1
15 Nov
Neemias 2
Oseias 12
Colossenses 3 e 4
16 Nov
Neemias 3
Oseias 13
I Tessalonicenses 1 e 2
17 Nov
Neemias 4
Oseias 14
I Tessalonicenses 3 e 4