“... e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra!” (Atos 1:8)

A chamada que recebemos de Deus é de alta responsabilidade. Verdade é que muitas vezes nem nos damos conta do privilégio de sermos selecionados pelo Céu para representarmos a Presença de Deus na Terra. Mas para os que entendem essa realidade e creem nessa verdade da vocação, o êxito é certo.

O Senhor tem nos mostrado que Sua mão de poder e Seu braço forte tem nos sustentado. O líder não é uma raça comum, pois os filhos de Deus são uma raça eleita. Mas, alguns, por causa das crises, subestimam a chamada e não assimilam o quanto são honrados por Deus. Claro que a chamada não elimina nossa humanidade, mas trabalha o homem interior, e nos faz santificados por causa daqueles a quem servimos, por causa de Deus.

Lembram o que Jesus disse? “E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.” (João 17:19)

Você me perguntaria: “O que fazer para a chamada estar cada dia mais limpa?”. E eu respondo:

Conservar os filhos na fé

Conservar os filhos na fé é uma tarefa árdua que demonstra o bom testemunho da chamada. Às vezes, queremos que alguns até saiam da nossa vida, mas são esses que tratam nosso caráter. Nossa chamada é conservar os passos desses filhos e edificá-los na rota do Reino, sabendo que durante a caminhada alguns vão sair e voltar, e outros não voltarão. E é nessa hora que muitos líderes sentem como se a voz profética deles não tivesse poder ou validade. Mas isso não é verdade!

Não coloque seu foco nos resultados negativos, pois apesar das agruras, na liderança, temos mais motivos para celebrar do que para nos entristecer. “Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.” (I Coríntios 3:3-9)

Dar bom testemunho aos que nos seguem

Nosso foco é Jesus e o testemunho da chamada é para termos uma vida irrepreensível diante de Deus e dos homens. Porém, algumas situações são vexatórias e desejamos que o velho homem assuma o lugar de Jesus e comprometa nossa essência de Reino. Mortificar o velho homem com suas paixões não é fácil, mas devemos nos revestir de poder e autoridade, conservando a vida de Cristo Jesus no nosso caráter para não sermos insurgidos no laço do maligno.

O nosso testemunho deverá sempre crucificar a carne com suas paixões para que a vida de Deus se manifeste em nós. “Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas. Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.” (Colossenses 3:5-10). “Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.” (Romanos 6:6)

Se nosso bom testemunho for mantido de pé, teremos a vida de Deus instalada no nosso caráter. Garantiremos uma vida nova para as pessoas que nos seguem pelo bom exemplo da vida de Jesus que estamos desfrutando. Claro que temos nossas lutas, nossa humanidade nunca será escondida no recanto da alma, mas protegida na sombra da Cruz. Somos revestidos no novo homem e é isso que importa na direção daqueles que nos ouvem e obedecem à Palavra.

Somos transformados pelo poder do Nome e não podemos negociar isso, uma vez que decidimos colocar as vestes novas para viver o testemunho da chamada, como diz a Palavra: “Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus; que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; e vos renoveis no espírito da vossa mente; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” (Efésios 4:21-24)

Visualizações: 1043

Plano de Leitura Bíblica

14 Out
2 Crônicas 3 e 4
Ezequiel 40
João 6
15 Out
2 Crônicas 5 e 6
Ezequiel 41
João 7
16 Out
2 Crônicas 7
Ezequiel 42
João 8
17 Out
2 Crônicas 8
Ezequiel 43
João 9 e 10
18 Out
2 Crônicas 9
Ezequiel 44
João 11
19 Out
2 Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12
20 Out
2 Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14