“E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda. Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.” (I João 2:28,29)

Em um futuro próximo, a Igreja estará onde o povo está – na Plataforma Digital, e atualizar esta geração de Apóstolos, Pastores, Líderes e discípulos não é fácil, porque não é fácil a transição de mente. Mas a nova geração está aí para que, na singularidade do confronto, possa nos ensinar a sermos líderes mais atualizados.

Atualizar e modernizar não é MUNDANIZAR. Sempre estaremos protegidos pelo princípio, mas não podemos fugir do que está acontecendo ao nosso redor. A transição precisa ser muito inteligente para aguentar a geração madura, apaixonada por Yeshua, e preparar a nova geração para Jesus ser o Senhor da vida deles, ainda que com a dificuldade de vencer os Googles da vida.

“... nos últimos dias a ciência se multiplicará e os poderes dos céus serão abalados. Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.” (Mateus 24:29)

“E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente. E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará.” (Daniel 12:1-4)

No século conturbado que vivemos, ser fiel a Deus, à Sua Palavra e aos Seus princípios é um achado sobrenatural no universo dos naturais, quando a nossa estrutura neural seria aplicada em máquinas para que pudessem copiar comportamentos humanos. Ainda hoje estamos sendo estudados, e a cada dia os homens querem competir com Deus. “O que zomba da Palavra perecerá, mas o que teme o mandamento será galardoado. A doutrina do sábio é uma fonte de vida para se desviar dos laços da morte. O bom entendimento favorece, mas o caminho dos prevaricadores é áspero. Todo prudente procede com conhecimento, mas o insensato espraia a sua loucura. O que prega a maldade cai no mal, mas o embaixador fiel é saúde.” (Provérbios 13:13-17)

Estamos vivendo em testes sequenciados. Não há como vencermos esses cientistas com a mente comum, pois a inteligência artificial quer vencer as mentes brilhantes. E até mesmo aqueles que raciocinam na lógica mais treinada são os mais atraídos para esse campo científico, e os que tramitam fora da razão serão facilmente manipulados. Desafios grandes estão vindo, mas nada que a Palavra já não nos tenha antecipado sobre a evolução da ciência. “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo; porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade; e estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade.” (Colossenses 2:8-10)

O que nos deixa perplexos?

A Igreja ativou um misticismo, como uma fuga da sua responsabilidade de não exercitar e estimular a capacidade cognitiva dos fiéis, ajustando a mente para que não sejamos ludibriados por esses sofismas sociais, colaborando com o científico, para se ampliar na concorrência com o secularismo, adestrados na Palavra com discursos que sejam páreos. Em muitos casos, os nossos púlpitos estão faltosos de informações mais adequadas e conversas privadas para estimularmos a nova geração, baseados no discipulado efetivo para que possam se desenvolver na visão da ciência moderna, ou seja: Inteligência Artificial. É melhor tê-los ao nosso lodo do que serem monitorados por mentes robóticas estranhas.

Líder, não despreze esse ensino, nós estamos em uma guerra cibernética, em um hiato chamado – Inverno Curto da Inteligência Artificial – no qual estão vindo informações, hologramas que chocarão o Planeta. Ou atualizamos nosso software espiritual, ou perderemos território. A hora é de investirmos na nova geração. Vou despertar você, edificar seu espírito e acordar sua alma para coisas boas, é claro.

Talvez nada disso interesse a você. Mas eu insisto, ainda que você não faça parte da mudança, não impeça que discípulos e filhos sejam treinados para se aliarem à Igreja inteligente, e protegerem a porta do Reino, pois você sabe que a PORTA do Céu nunca entrará em reforma. Agora veja: As comportas do inferno foram abertas, a mídia afronta a nossa inteligência, subestima nossa capacidade de raciocínio. Eles são repetidores robóticos, assim eu entendo esse processo quando zombam de nós e nos ridicularizam. Como tenho declarado nas redes sociais: Não precisa ser religioso, basta não ser idiota!

Já que a filosofia científica é: não mais pensar nem mais reagir, pois já existe alguém raciocinando em nosso lugar: AS MÁQUINAS. Ou nos rendemos, ou resistimos. Se resistirmos, vamos passar por guerras incalculáveis, pois a Ordem Mundial é que todos falem a mesma linguagem e todos raciocinem no mesmo padrão – Governo das Mentes. Isso tudo vai gerar uma insatisfação descomunal no ser humano, e a ansiedade dominará o caráter da humanidade; no Brasil, já são 18 milhões de ansiosos crônicos, e uma das razões é a ciência da computação, todos à espera da resposta imediata. A falta de sabedoria de esperar a hora certa formou uma geração de enfermos emocionais. “Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma.” (Salmo 94:19)

O alvo primário da Inteligência Artificial é ficarmos letárgicos, entregues ao acaso, com as mentes passivas e jogadas em exposição para que o adversário ganhe vantagem na nossa jornada. Nosso comportamento mudou. Fazemos comentários softs por medo de agredir e vir um contra-ataque; estamos sem estrutura emocional de reagir contra os inimigos nas redes sociais. Verdadeiros hackers estão invadindo nossa privacidade e, claro, desnudando o caráter da Igreja e desconstruindo nossos valores.

Continua...

Visualizações: 512

Plano de Leitura Bíblica

17 Jun
Juízes 19
Isaías 41
1 João 3 e 4
18 Jun
Juízes 20
Isaías 42
1 João 5
19 Jun
Juízes 21
Isaías 43
2 João 1
3 João 1
20 Jun
Rute 1 e 2
Isaías 44
Judas 1
21 Jun
Rute 3 e 4
Isaías 45
Apocalipse 1 e 2
22 Jun
1 Samuel 1
Isaías 46 e 47
Apocalipse 3 e 4
23 Jun
1 Samuel 2
Isaías 48
Apocalipse 5 e 6