“E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.” (João 21:15)

Apascentar o Rebanho do Senhor é confiança integral no caráter do Pastor e do líder, uma entrega sem reservas em suas mãos. Que exemplo de ministério! Jesus é o Único Noivo que tem a habilidade e a coragem de deixar Sua Noiva ser cuidada por outro, acreditando que cuidarão e não causarão estragos no caráter da Sua amada.

Recebemos uma chamada de Deus com um propósito muito bem definido. Somos chamados para apascentar e cuidar das ovelhas de Jesus. O Mestre, em tudo, deixou para nós o exemplo de como devemos agir e do quanto precisamos estar pautados no amor. Agora, para que cumpramos com excelência essa missão, algumas questões precisam ser observadas, guerras precisam ser vencidas e novos caminhos devem ser trilhados, como aprenderemos neste texto. Vejamos:

Medo do novo

Novos Começos para vivermos a chamada de Deus era tudo o que estávamos esperando, pois o secularismo e a “Igreja sem nome”, os movimentos de rua, as inovações sem doutrina e os youtubers sem caráter que divorciaram a mente do Corpo de Cristo do propósito e mataram a sanidade da Igreja, fizeram com que nossos joelhos se dobrassem mais e nossas lágrimas aumentassem na presença do Senhor.

A geração sem nome está chegando e o povo sem compromisso está se aglomerando. Porém, os remanescentes estão de plantão à porta da muralha, como guardiões da brecha (no muro do Senhor) para que as raposinhas não entrem na brecha da cidade, e adversários não invadam nosso território. “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei.” (Ezequiel 22:30)

Não podemos ter medo, Ele jamais mentiu! Sua promessa nos consolida e Sua Palavra é nosso conforto. O medo não pode nos assaltar. “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” (Isaías 41:10)

Se vencermos as feridas da alma, expectativas frustradas e o medo do novo, seremos os credenciados para cuidarmos dos cordeirinhos. A ordem é: “Apascenta Meus cordeirinhos”. Isso é um privilégio sem precedentes. Agora, se cultuarmos feridas, e frustrações, e o medo crônico estiver inserido na nossa geografia da alma, não vamos avançar muito. Porém, se entendermos a chamada no nível que Ele nos comissionou, vamos nos divorciar das crises e nos casar com o privilégio da missão de servi-lO, amá-lO e viver nEle e para Ele.

Nós ainda não nos demos conta do que somos nEle e a importância que temos para Ele. Se isso estivesse resolvido dentro de nós não ficaríamos tão magoados ou perplexos com as situações adversas que chegassem às nossas mãos. Na verdade, nós queremos o controle e não estamos preparados para tantas respostas negativas que visitam nossa geografia. O que devemos fazer para melhorar nosso relacionamento com Ele? Confiarmos mais e não ficarmos com tanto controle com aquilo que não é nosso, o rebanho.

O rebanho é dEle. Mas já detectamos alguns sintomas no caráter de alguns líderes, a falta de confiança plena, quando a ordem é: “Israel, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo. Casa de Arão, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo. Vós, os que temeis ao Senhor, confiai no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo. O Senhor se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.” (Salmos 115:9-12)

Em que nos tornamos quando essa confiança não é restaurada:

1. Líderes negadores da chamada

Nossas atitudes em muitas situações estão sinalizando que nós não queremos mais continuar na chamada, é uma apostasia do propósito. Negar a chamada é simples, um estupro na confiança divina, vemos isso mais claro quando não fazemos o que nos foi pedido. Muitas vezes por protesto inconfidente.

Muitas dificuldades administrativas ministeriais (no tocante ao cuidado de vidas) desanimam a alma de qualquer líder, se não estiver focado e, claro, ajudado. Você precisa de discipulado, então, submeta-se! Ele não nos chamou ao conforto, mas ao confronto. Que isso fique bem assimilado, caso contrário seremos uma falência vocacional. De fato, existem muitas meninices ministeriais e muitos não estão sabendo ler o tempo de Deus, mas como uma corda de poder o Senhor nos trará de volta ao propósito e nos ensinará o caminho de volta. São essas atitudes de criancices que nos levam a ser negadores da chamada, quando nos faltam habilidades para gerenciar as crises do cotidiano que assolam o território da alma. Isso é fato! Somos um modelo de persistência, ou deveríamos ser, pois estão nos observando e precisamos preservar nossa chamada límpida diante dEle e daqueles que nos seguem.

Vamos voltar ao propósito da chamada e paixão, Ele quer nos restituir e nos tirar de rotas confusas, que maculam nossa chamada e destroem nossos relacionamentos. “Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho. Mas, como os chamavam, assim se iam da sua face; sacrificavam a baalins, e queimavam incenso às imagens de escultura. Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomando-os pelos seus braços, mas não entenderam que eu os curava. Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor, e fui para eles como os que tiram o jugo de sobre as suas queixadas, e lhes dei mantimento.”  (Oséias 11:1-4)

Se você, como vocacionado, não se emociona com essa chamada, fique debaixo de alguém e saia da linha de frente. Sinto muito dizer: Mas se você está nessa chamada e não é feliz, esse lugar não é seu. A chamada é para viver Novos Começos com a visão de Deus e apascentando o rebanho, sem negar o que o Senhor nos confiou.

Visualizações: 1132

Plano de Leitura Bíblica

14 Out
2 Crônicas 3 e 4
Ezequiel 40
João 6
15 Out
2 Crônicas 5 e 6
Ezequiel 41
João 7
16 Out
2 Crônicas 7
Ezequiel 42
João 8
17 Out
2 Crônicas 8
Ezequiel 43
João 9 e 10
18 Out
2 Crônicas 9
Ezequiel 44
João 11
19 Out
2 Crônicas 10 e 11
Ezequiel 45
João 12
20 Out
2 Crônicas 12 e 13
Ezequiel 46
João 13 e 14