Teologizamos a Psicologia, não na linha de Sigmund Freud, mas na linha de ajuda aos necessitados. Muita gente tem marcas terríveis, e se preparem que vamos chegar a ser Zumbis City, “Cidades de Zumbis”. Com essas ideologias satânicas, apelidadas de pós-modernidade, vamos sofrer ataques que não se administram na mente, por isso, vamos precisar, mais que nunca, do poder do Espírito para libertar, curar e restaurar muita gente.

No estudo anterior, falamos um pouco sobre a atmosfera que geramos e os efeitos positivos que se podem ter quando chamamos à existência as coisas inexistentes como se já existissem. “(Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem.” (Romanos 4:17)

Nós podemos determinar, em Deus, nessa atmosfera que Ele mesmo constrói para nós, nos mostrando que algo novo e poderoso, da parte dEle, está chegando, se nosso foco estiver ajustado e alinhado com a Palavra e a promessa. “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa, havendo Ele falado cumprirá tudo o que disse.” (Números 23:19). O Novo Começo é uma promessa dEle.

Agora observe: Não podemos perder esse time, de entrarmos no mundo espiritual e reivindicarmos os direitos da aliança, afinal, precisamos nos posicionar naquilo que estamos gerando. Somos gerados! Na Criação, temos a promessa de Deus e, por direito de aliança, somos possuidores da promessa. Isso foi gerado para o louvor da Sua glória: O tempo foi feito por Ele para criarmos as alternativas de mudanças e nos lançarmos nas novidades do Eterno, que diz: “Eis que faço novas todas as coisas.”

1. Somos gerados para novidade de vida

Para que Deus iria traçar um plano tão poderoso e salvar a humanidade, se não estamos sabendo nos posicionar reverentemente diante dEle? Vejamos: “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” (Romanos 6:1-4)

2. Somos obras exclusivas das Suas mãos

Se nós tivéssemos a percepção clara de quem somos, com certeza não estaríamos administrando tantas crises. Quando Ele nos criou, o plano oficial foi para andarmos na rota do sucesso com Ele, conhecida como boas obras. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” (Efésios 2:8-10). Dá para assimilar o tamanho da promessa e o que podemos fazer com essa graça poderosa sobre nossas vidas? Ainda não assimilamos, mas no dia que alguém entender essa verdade, encerra a vitimização.

3. Somos eleitos da promessa do Pai

É estonteante como Ele nos premia e nos coloca em posição de filhos santos. É surpreendente como a natureza do primeiro Adão ainda nos visita; ele nos elegeu, nos dando cidadania dos céus, direito legal da aliança, a entrada pelo novo e vivo caminho. Ele fez a obra no novo nascimento e nos deu entrada legal nas regiões celestes por Cristo Jesus.

Você tem ideia do quando isso vale? Você já se apossou dessa verdade? “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor.” (Efésios 1:3,4)

Nascemos de novo? Então, o novo começo é no espírito regenerado, uma alma restaurada no princípio exercido e na caminhada sem desvios. Ser uma nova pessoa é o presente mais poderoso que alguém recebe, sabendo que Yeshua é o Senhor das nossas vidas, e que Seu nome é Salvação. A graça de termos direito ao céu, e a revelação de que podemos viver como príncipes e princesas neste Planeta, nos faz possuidores desta bênção que está à nossa disposição chamada Novo Nascimento, Novos Começos. Vamos desfrutar essa verdade! O que foi conquistado por Ele na Cruz do Calvário é nosso até à Eternidade.

Visualizações: 645

Plano de Leitura Bíblica

22 Abr
Deuteronômio 5
Eclesiastes 1
João 17 e 18
23 Abr
Deuteronômio 6 e 7
Eclesiastes 2
João 19
24 Abr
Deuteronômio 8 e 9
Eclesiastes 3
João 20 e 21
25 Abr
Deuteronômio 10 e 11
Eclesiastes 4
Atos 1
26 Abr
Deuteronômio 12
Eclesiastes 5
Atos 2
27 Abr
Deuteronômio 13 e 14
Eclesiastes 6
Atos 3 e 4
28 Abr
Deuteronômio 15
Eclesiastes 7
Atos 5 e 6