A terceira noite do Congresso de Resgate da Nação teve uma abordagem voltada para a consolidação das conquistas no cenário político e social do País. Das ministrações ao ato profético, os congressistas puderam reviver uma retrospectiva dos 20 anos.

Com uma narrativa emocionante, os congressistas assistiram a um vídeo que exibiu os fatos que marcaram a história desse incansável trabalho junto às igrejas da Visão Celular no Modelo dos 12. Entre esses marcos, está a influência dos cristãos na política. Durante a programação, o Apóstolo honrou e orou pelos líderes que exercem o parlamento em várias regiões do País.

"Vamos consolidar o resgate do Brasil. Esse congresso vai continuar porque temos a legitimidade de Deus para abençoar nossa nação. Vivemos muitas conquistas e contemplamos a mão de Deus limpando nosso País", declarou o Apóstolo Renê Terra Nova.

Sementes de ousadia“A palavra de Deus é simples, clara e prática”. Foi com essa declaração que o pastor Nilton Ferreira iniciou sua ministração para desafiar os congressistas a ousarem em fé para experimentarem a abundância financeira em suas vidas. Com base na Palavra de Gênesis 26:12, ele ressaltou dois pontos: A primeira coisa é que, em tempos de crise, é preciso ser sensível a voz de Deus. “Quando passamos ou enfrentamos uma crise a nossa mente passa por muitos problemas e a voz de Deus fica abafada. Aprenda a ser sensível ao que Deus fala”.

O segundo ponto foi: Não tenha medo de plantar na crise. “Saia da zona de conforto”, disse ele, que retratou a vida de Isaque que teve a atitude de ser sensível e não teve medo de plantar onde ninguém acreditava.

Ato Profético - O ato profético teve como tema: “Sonhando novos começos na política". O Ato desse dia apresentou um enredo em que a corrupção se mostrou sem máscaras. O ponto central da encenação foi a partir do Hospital Vera Cruz, onde foram vistas as mazelas e doenças do país que parece ter sido esquecido em coma pelo médico em uma sala fria.

Visualizações: 320