O Apóstolo norte-americano John Kelly falou mais uma vez aos congressistas, na manhã deste Sábado, 20 de Abril.

O tema foi o Ministério Quíntuplo. Baseado em Efésio 4:11,12: "E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado", John Kelly falou sobre a missão dos Apóstolos nos dias atuais.

Disse que todos concordam com os ministérios pastoral e evangelístico, mas nem todos são a favor dos ministérios apostólico e profético e explicou que o termo evangelista era considerado herege e só foi devolvido para a Igreja nos últimos duzentos anos e que ninguém, no Novo Testamento, foi chamado de pastor. "Quando você começa a ter uma mente religiosa, fica cego para aquilo que é verdade na totalidade da escritura. Será que pastor é para hoje? Claro que sim! Eles significam o cuidado. Toda Igreja precisa do dom pastoral e evangelista, eles são o dom funcional da Igreja".

Citando I Coríntios 10:3, John Kelly disse que o Apóstolo Paulo alertou para o fato de que estamos em um guerra, e a Igreja que não reconhece que está em uma guerra, não precisa de Apóstolos, pois liderar as batalhas é a função deles. "Se não tem guerra, é papel do Apóstolo começar uma guerra, a guerra da cultura do Reino contra a cultura mundana. A Igreja tem que estar em guerra. Quando foi a última vez que você pregou contra o pecado do aborto, da corrupção, do racismo, das drogas? Deveríamos estar lutando contra todas essas coisas. Você nunca vai ganhar uma guerra se tentar ficar em paz o tempo todo com o seu inimigo. Quando você se torna orgulhoso da sua cultura natural, peleja contra a cultura do Reino", advertiu.

A ministração também ensinou que, se fazemos parte de um povo Apóstolo, vivemos guerras na região celestial e terrena, pois existem muitas pessoas sendo influenciadas pelas mais diversas culturas demoníacas deste mundo, e isso pode estar acontecendo com aqueles que nós amamos, porém, quem está em Cristo luta contra o anticristo.

Um dos dons do Apóstolo é o da estratégia. A função de um general é não somente ter um sonho, mas possuir estratégia e plano pra cumprir esse sonho, não só pra ele, mas para fazer avançar o Reino de Deus em uma Nação, alcançando todos os membros da sociedade, não apenas o pobre, o iletrado, o alcoólatra. "Temos que alcançar a todos, inclusive os políticos, para que eles governem de forma justa e amem o povo e não deixem prevalecer a ganância".

O Apóstolo também deve pregar, ensinar e libertar de todo tipo de prisão e a próxima fase, nos dias atuais, será os Apóstolos trabalhando juntos em coalizões nas nações. Esse será o próximo mover, concluiu John Kelly, perguntando a todos: "Você está preparado para a missão?" E liberou sobre os congressistas a unção para conquistar cidades e nações, enfrentar demônios, e educar filhos espirituais, para a glória de Deus Pai.

Ele também deixou um convite: a Coalização de líderes Apostólicos, que será no mês de Outubro, na cidade de Dallas/USA.

Visualizações: 409