A primeira ministração, na manhã desta Quarta-feira,foi feita pela Apóstola Adriana Pacheco. Com base na história bíblica de Tamar, que foi violentada pelo meio irmão, ela falou de vergonha, de humilhação e ensinou que as mulheres devem superar suas dificuldades em Deus e não deixar que os traumas paralisem a sua vida e ministério. “Quais são as suas dores e os seus sonhos que precisam ser retomados? Como aconteceu com Tamar, você pode estar vestindo uma túnica que mostra que você passou por algum trauma e humilhação, mas essa túnica também diz que, apesar de tudo, você continua sendo filha do rei. Você é filha do Rei, trabalhe com força e honra para gerar o sonho que está por vir”.

Com base no tema do Congresso neste ano, a Apóstola Lene Monteiro falou sobre a realização de sonhos extraordinários.

Disse que o medo e a incredulidade podem paralisar os sonhos, e que os sonhos estão relacionados aos dons e talentos que o Senhor entregou a cada um. “Faça aquilo que Deus designou a você. Ele não se equivocou com a sua chamada. Pegue o seu sonho e vá, não deixe que nada pare a promessa que Deus tem para você”.

Ela também ensinou que para restaurar os seus sonhos, as mulheres precisam tirar a cegueira espiritual e que o maior sonho de Deus para cada uma de nós é a frutificação. “Deus nos separou e comissionou com o propósito de darmos frutos, ame vidas, seja cheio de compaixão pelas pessoas”.

A primeira manhã de Congresso também teve a palestra de Bia Teixeira, psicopedagoga e master coach. Ela ensinou o que devemos fazer para realizar sonhos extraordinários. “O sonho te conduz a viver, te faz gerar esperança, te faz almejar algo maior. Quem não sonha se tornar pessimista, negativista”. Mas além de sonhar, é preciso seguir alguns passos para realizar esses sonhos.

Um deles é transformar o sonho em uma visão clara do que você sonhou, em uma imagem. “A visão é tão poderosa que o seu corpo pode começar a reagir só por causa de algo que você pensou. Quando você traz uma visão e se insere nela, o seu cérebro vai trabalhar para que isso aconteça”. Se você tem sonhos extraordinários, sua visão tem que estar em consonância com eles. Isso é fé, é trazer à existência algo que ainda não existe.

Outro passo é definir uma meta específica e um objetivo e agir concretamente para alcança-los.

O último passo é a ação, aplicar zelo para concluir a obra, decidindo o que você mais quer porque é isso que vai conduzir as suas ações.

Se você fizer tudo isso nada vai te impedir de realizar os seus sonhos extraordinários!

Da Apóstola Telma veio a palavra de prosperidade que incentivou as mulheres a serem fiéis e entregaram suas semeaduras, sempre apresentando claramente os seus objetivos diante do Senhor.

A Apóstola Ester Amazonas trouxe uma reflexão sobre provérbios 23:7. Ela disse que, na conquista dos nossos sonhos, precisamos romper com a vitimização. Todas nós temos esse sentimento na nossa alma, mas, ou reagimos, ou somos levados pelas dificuldades. Ela chamou atenção para alguns discursos que muitas mulheres declaram e que são demonstração de vitimização e alertou que a vitimização enfraquece o nosso poder de conquista. “Precisamos alicerçar a nossa estrutura psíquica na Palavra de Deus A vítima traz reclamação constante de que não pode, que está sendo tolhida pelos outros e acaba atraindo coisas ruins, os dias maus, porque palavras têm poder. Existe milagre para problemas psíquicos. Seja uma mulher livre e sonhe os sonhos de Deus!”.

Visualizações: 180