Os ônibus estacionam e eles saem animados. Centenas de jovens chegam em grupos com as malas nas mãos e muita felicidade, afinal, estão no JUMP, para muitos, a realização de um sonho.

A empolgação é tanta que até o cansaço vai embora. E logo eles tomam conta da estância, colorindo, fazendo barulho e animando tudo.

Depois de fazer o credenciamento os jovens se reúnem para dançar, cantar, tocar violão e ensaiar os gritos de guerra. A turma de Goiás cantava: “Oh M12, sou de Goiás, amo pequi, mas a Visão eu amo mais!”. E teve muitos outros: “Olha só, cê não acredita, quem tá no JUMP é a baixa da Santista”, cantou o grupo de São Paulo.

Por todos os lados têm alegria, vibração e boas expectativas para o que Deus vai fazer esses dias. Vai ser incrível!

Visualizações: 81