Congresso de Crianças

A cidade vivia uma tarde quente, de um sábado agitado. Um jogo importante acontecia no estádio, o trânsito estava intenso... Mas havia um lugar que parecia ter parado no tempo. Estava blindado, tinha os céus abertos sobre ele. Havia uma atmosfera diferente, crianças cantando felizes, adultos com os corações quebrantados.

O que eles estavam fazendo? Adorando a Jesus. Onde ? No MIR. Era o encerramento do Congresso de Crianças.

Uma unção de alegria tomou conta do lugar. As pessoas cantaram, dançaram e celebraram.

Mais uma vez, o ensino foi sobre sonhos, completando o que foi ensinado desde a abertura.

E a equipe do teatro contou o final da história da ‘Cidade sem sonhos’ e da menina que se encontrou com Jesus e se tornou uma grande sonhadora.

As crianças aprenderam que também podem sonhar e transformar cidades tristes e cinzas em locais felizes e coloridos. “O segredo para podermos viver os nossos sonhos é obedecer a Deus. Quando fazemos isso, e entendemos a vontade do Senhor, vamos usufruir tudo o que Ele tem para nós”, declarou a Apóstola Regina Vasconcelos.

Frutos da Rede de Crianças

Um vídeo mostrou pessoas que desde pequenas fazem parte da Rede de Crianças e hoje são adultos que trazem os filhos para a Igreja e permanecem firmes nos caminhos do Senhor, muitos, inclusive, ajudando no Ministério.

A Apóstola Regina se emocionou ao falar da trajetória de cada um. Muitas crianças e pais também choraram durante esse momento tão tocante e especial.

E uma música ecoou no Templo, alcançando cada coração: “Minha fé está além do impossível, minha esperança viva está, meu coração não quer parar, pois nunca é tarde para sonhar...”.

Um gesto de honra

Todos os integrantes das equipes que ajudaram a realizar o Congresso foram chamados ao Altar. Eles receberam uma palavras de gratidão e a oração de toda a Igreja. E foram abençoados para viverem os sonhos mais extraordinário do Senhor.

Visualizações: 208