Time de futebol tailandês é resgatado com sucesso. Relembre os detalhes do drama que repercutiu no mundo todo.

Após 15 dias angustiantes, os 12 garotos de um time de futebol infantil tailandês e o treinador que ficaram presos em um complexo de cavernas no Norte da Tailândia, começaram a ser resgatados no Domingo, 8. Na Terça-feira,10, eles foram resgatados, todos a salvo, segundo a Marinha da Tailândia.

No Instagram, o Ap. Renê Terra Nova, declarou: “Tailândia, quero honrar aos mergulhadores e toda a logística que está por trás desse grande evento de RESGATE. O M12 e o MIR se unem pra agradecer o esforço e se colocar à disposição. Estamos impressionados com a inteligência e administração dos envolvidos, a quem devemos respeito. FELICIDADES, MENINOS, CRAQUES DA TAILÂNDIA, esse é o futebol que queremos, heróis de verdade, não vaidades fúteis. Gooooool”.

Relembre os detalhes do drama na caverna na Tailândia

Os 12 meninos e o treinador ficaram presos em 23 de Junho, devido uma forte chuva que inundou a caverna. Desaparecidos durante nove dias, mergulhadores britânicos os localizaram na Segunda-feira, dia 2. Desnutridos, desorientados, mas vivos.

A operação de Domingo, 8, quando começou a primeira etapa dos trabalhos, foi chamada de “um sucesso maior do que esperávamos” por Narongsak Ossotanakorn, o coordenador dos trabalhos de resgate. Dezoito mergulhadores – cinco tailandeses e 13 de outras nacionalidades – escoltaram os quatro primeiros jovens em uma operação por etapas, em que cada resgatado foi acompanhado por dois mergulhadores especialistas para ajudá-los a superar os pontos mais perigosos.

Os trabalhos de salvamento foram suspensos na noite de Domingo para a colocação de novos cilindros de oxigênio ao longo dos quatro quilômetros que os jovens percorriam para sair da caverna e foram reiniciados 1h (Brasília) de Segunda-feira. Na operação, decidiu-se que os mergulhadores da primeira missão também participariam, liderados pelos mesmos britânicos que há nove dias localizaram os meninos 400 metros adiante de onde se calculava que estavam. São os que melhor conhecem o terreno.

“Mandamos a equipe ao interior da caverna por volta das 11h. Esperamos ter boas notícias em algumas horas”, afirmou o coordenador. E chegaram. Um mergulhador foi na frente de cada garoto e outro atrás. O primeiro guia e leva os cilindros de oxigênio; o segundo fica como apoio caso surjam dificuldades. Os garotos, que recém-aprenderam a nadar e mal sabem mergulhar, utilizaram máscaras que cobriam todo o rosto para facilitar a respiração. Todo aparato de resgate envolveu 90 mergulhadores: 40 tailandeses e 50 de outras nacionalidades.

Após as retiradas, os meninos foram levados ao hospital provincial de Chiang Rai, a 70 quilômetros da caverna. Lá ficarão em um período de quarentena para se recuperar, disse o coordenador. Segundo os jornais internacionais, as crianças passam bem.

MERGULHADOR HERÓI

Saman Kunan foi a única vítima fatal do processo de resgate das 12 crianças do time “Javalis Selvagens” e do técnico.

É preciso honrarmos a passagem pela Terra de homens como o tailandês Saman Kunan, de 38 anos, que arriscou a vida, e perdeu, para ajudar a salvar o grupo da morte. Em um mundo dominado pelo egoísmo, individualismo, atitudes como a de Kunan representam o amor e generosidade cada vez mais raros. Ele combateu o bom combate. Morreu como herói. Oramos para que Deus console a todos os familiares e amigos, por essa perda lastimável.

Fonte:
O Globo; El País Internacional; R7 e G1

Visualizações: 250

Plano de Leitura Bíblica

17 Set
2 Reis 24 e 25
Ezequiel 13
Lucas 9
18 Set
1 Crônicas 1
Ezequiel 14
Lucas 10
19 Set
1 Crônicas 2
Ezequiel 15
Lucas 11
20 Set
1 Crônicas 3
Ezequiel 16
Lucas 12
21 Set
1 Crônicas 4
Ezequiel 17
Lucas 13 e 14
22 Set
1 Crônicas 5
Ezequiel 18
Lucas 15
23 Set
1 Crônicas 6
Ezequiel 19
Lucas 16