“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor.” (Efésios 1:3,4)

Ser santo é uma chamada de Deus para cada indivíduo, para cada Nação. Mas, começa nas pessoas. Há muitas pessoas que aprenderam a viver no Reino, mas que não usufruem o que têm direito no Reino.

Você precisa entender a chamada da santidade. Principalmente levando em consideração que todos olham para a sua vida. E as pessoas têm sensibilidades diferentes. Há aquelas que são extremamente sensíveis e se decepcionam facilmente, e por elas, também, você precisa viver em santidade de tal forma, que não seja motivo de decepção para ninguém.

Se você está no dia mau, vigie duplamente sobre suas palavras e atitudes. É horrível encontrar com alguém pela primeira vez, e o registro deixado nessa pessoa não corresponder à sua essência, a quem ela realmente é. Não importa o quanto você queira consertar depois. O que ficou registrado é que você não é uma bênção como todos diziam ser.

Cada um tem a responsabilidade da projeção do ser que tem. Você é responsável pelo que reflete acerca de si mesmo. Não se engane: Você não refletirá santidade só por causa de um título que recebeu, se você é carnal. O título não expulsa demônios, não faz com que as pessoas pensem bem ou mal de você.

DE DENTRO PARA FORA

Precisamos ver de dentro para fora. A santidade é um compromisso, é uma responsabilidade. Só externa santidade quem tem santidade no interior. De dentro para fora significa andar não pela força do braço nem por desejos naturais, mas pelo espírito.

Quem vive a santidade pelo conceito interno e correto do que é santidade, entra no mundo espiritual com mais responsabilidade, é comprometido com o Trono e com Aquele que está sobre o Trono.

A santidade é um compromisso desinteressado das coisas materiais. Aliás, em nossa relação com Deus, as coisas materiais, as manifestações de bens são decorrentes das bênçãos que Deus nos dá.

Muitos vivem mal resolvidos espiritualmente e por isso nunca conseguem prosperar, vivem mal resolvidos com o que possuem e será assim enquanto não mudarem de atitude. O Senhor vela por Sua Palavra para cumpri-la. Quando a Bíblia diz que o Senhor é o nosso Pastor e que nada nos faltará, é porque será exatamente assim.

A santidade nos faz desejar ver a face de Deus e não apenas ver, mas referenciar. Esse desejo começa dentro de nós, não é fingido. Fomos chamados para ser santos e irrepreensíveis diante dEle, em amor (Efésios 1:4).

O Criador nos fez para sermos santos; para isso fomos criados. Somos a resposta do Criador que nos fez com o objetivo de sermos santos. Somos um povo que deve ter a marca de santidade para identificar que pertencemos a Ele. A santidade é a marca que estabelece a diferença entre uma pessoa e outra, entre o povo que serve a Deus e o que não serve.

SANTIDADE, COMPROMISSO POR PRINCÍPIOS

Santidade fala do compromisso por princípios. Levantar uma geração marcada por uma identidade. Ser santo, sob o entendimento de que você é separado para Deus. Há os que são e os que não são separados. A Bíblia fala em Efésios 5:27 que a Igreja é sem mácula, sem ruga e sem defeito. O que significa isso? Uma Igreja que anda em santidade, que tem a marca irrepreensível no caráter e que é consagrada para o Senhor.

Deus não nos chamaria para uma missão se Ele não tivesse um plano, um projeto possível de ser seguido, pautado pelos Seus princípios. O projeto de Deus está ligado a coisas que são do interesse dEle e não nosso. Esse projeto tem uma língua, expressão, forma, princípios, identidade. Esse projeto foi feito para pessoas, povos e nações. É possível ter um povo santo, uma Nação santa, líderes santos. Você está na cabeça desse sonho, desse projeto, desse ideal de Deus.

Você precisa entender que é santo, e, a partir de você, outros serão formados na mesma essência da santidade que houver em sua vida. Há uma geração, um povo que depende de você. E custe o que custar, precisamos decidir chegar à santidade e andar em santidade. É preciso morrer para muita coisa. Não há como fugir disto: da realidade de mortificar a carne.

Viver em santidade, pelos princípios de Deus, é não fazer a vontade da carne, mas a vontade de Deus, é renunciar a raiz de iniquidade, que é irmã da rebeldia e da natureza de Satanás. O Senhor quer levar-nos a viver um estilo de vida que O agrade.

Quanto mais íntimo de Deus, mais conhecemos a Sua vontade. Deus não nos chamaria para uma missão se soubesse que não seria possível realizar o Seu projeto. Os projetos de Deus são ligados aos interesses dEle e não aos nossos interesses pessoais. Um jovem santo gerará uma geração de jovens santos para Deus e um povo que pertence a Deus. É nessa caminhada que precisamos olhar para coisas maravilhosas e espetaculares que há no coração do Pai para nós.

A santidade não extirpa raciocínio, expressões e reivindicações de direito. O que fará a diferença e que equilibra tudo isso é que somos um povo marcado por princípios. Não nos movemos por nossa própria cultura ou raciocínio humanista, mas por princípios espirituais. Deus nos usará, ainda nesta geração, para marcar um povo e uma geração pelos princípios que Ele mesmo estabeleceu.

Deus está levantando a nossa geração para limpar uma geração perversa. O Evangelho não muda uma geração se os princípios não forem plantados. O Evangelho é a Boa Notícia plantada através do discipulado, mergulhando a pessoa para que venha a natureza que é agradável a Deus.

O Evangelho muda, transforma um povo que decide viver pelos princípios da Palavra. Não ganharemos a Nação e os povos da Terra se não marcarmos esta geração com o caráter do Reino, um caráter irrepreensível. Porém, o que podemos identificar em uma geração é se ela possui os princípios da Palavra e se o caráter do Reino foi plantado nela, recebendo com mansidão, como a Bíblia diz que deve ser. “Portanto, livrem-se de toda impureza moral e da maldade que prevalece, e aceitem humildemente a palavra implantada em vocês, a qual é poderosa para salvá-los.” (Tiago 1:21)

Visualizações: 1737

Plano de Leitura Bíblica

05 Nov
2 Crônicas 34
Oseias 2
Atos 16 e 17
06 Nov
2 Crônicas 35
Oseias 3
Atos 18 e 19
07 Nov
2 Crônicas 36
Oseias 4
Atos 20
08 Nov
Esdras 1 e 2
Oseias 5
Atos 21 e 22
09 Nov
Esdras 3 e 4
Oseias 6
Atos 23 e 24
10 Nov
Esdras 5 e 6
Oseias 7
Atos 25 e 26
11 Nov
Esdras 7
Oseias 8
Atos 27