A missão, o chamado, o alvo: Aprender a desaprender, para aprender. Voltar à essência para contabilizar quantos abraços eu dei, quantas pessoas eu validei. Aprender a conjugar os verbos saber e amar.

A Master Coach Margarida Lima impactou cada pessoa que formava a multidão na nave da igreja. Tocou no que para muitos era uma área intocável. Levou cada pessoa a fazer o que muitos nunca fizeram, ou há tempos não faziam mais - O abraço faz diferença, a ciência está fazendo o que a Grécia Antiga já fazia há milênios.

A pergunta de impacto proporcionou um "grito", provocou um silêncio que gritou dentro de cada um, o silêncio despertou muitos para se moverem, saírem da zona de conforto. O que dá riqueza? Depois de segundos, o silêncio foi quebrado: a resposta trouxe impacto: o que proporciona riqueza é sabedoria, afirmou Margarida Lima.

O maior exemplo, é a biografia de Salomão. Na primeira oportunidade que teve, ele pediu sabedoria, nada mais. Resultado? Tornou-se o homem mais cheio de riquezas da época.

Sabedoria são os dons do Espírito Santo, mas se eu não controlo minhas emoções eu perco minha paz e, consequentemente, minha alegria. Inteligência Emocional é educação. Quando nascemos, só temos emoções, não temos intelecto. Fomos educados no grito: "cale a boca menino!", "engula o choro menino!". Não tivemos emoções educadas, logo, como "conjugar" na prática o verbo amar?

Vivemos uma crise emocional, choramos quando queremos rir, rimos quando o momento é de choro, isso é falta de autoconsciência - não sabemos discernir nossos sentimentos

SER emotivo na dose certa e normal, patológico é não ter autocontrole sobre as emoções. Autocontrole vem de reconhecer os sentimentos.

A empatia faz parte do amor, sentir a dor do outro e amar. Validar o outro é amar. Extrair o melhor do outro é uma habilidade social que expressa amor. Não existe ninguém tão mau que não possa revelar a sua melhor versão. Não existe ninguém que não mereça nosso amor.

Visualizações: 301