Há pessoas que insistem em dificultar a vida do outro, e se não tivermos o controle das emoções, revelaremos a obtusidade da alma.

A noite do dia 10 de outubro encerrou com o Pastor Tiago Brunet. A Palavra da vez foi a importância de sermos facilitadores, "construtores de pontes". Biblicamente falando, nunca vamos ver um homem e uma mulher de sucesso sem Inteligência Emocional. Inteligência Emocional é o que a Bíblia já chamava a dois mil anos de Fruto do Espírito.

Precisamos ser donos das nossas emoções, as pessoas nos conhecem no dia mal. O nível da nossa Inteligência Emocional abre portas que jamais seriam abertas.

O Pastor Tiago Brunet leu o texto do Segundo Livro dos Reis no capítulo 5. A criança citada no texto, embora tenha sido vítima da guerra, e trabalhando para o homem que roubou seus sonhos e matou quem ela amava, estava vendo seu patrão morrendo de lepra. Mas, aquela menina, embora tivesse todos os motivos para se revoltar, ela desejava que o senhor dela conhecesse o profeta tinha cura para ela.

Aquele menina tinha o poder de sentir o que o outro estava sentido, biblicamente falando: compaixão. Era exatamente o que Jesus sentia. Nunca veremos alguém entrar para história se não nos colocarmos no lugar do outro.

Aquela menina do texto de Naamã embora fosse escrava, facilitou, foi a ponte entre o que necessitava do milagre e o que tinha o poder de executar o milagre.

Segundo Tiago Brunet a oferta que Geazi pegou, que Eliseu já havia rejeitado, era indevida. Geazi pegou o que não era dele. Para Brunet aquela oferta tinha um destino, a escrava de Naamã - a menina que foi a ligação entre Naamã e Eliseu, ela sim, era a dona legítima daquela oferta.

Uma palavra profética foi ministrada: tudo que for nosso, ninguém rouba. Se você é um facilitador na vida de alguém, existe uma recompensa na sua direção.

Por fim, a pergunta que não quis calar foi: A vida de quem você tem facilitado? Só os facilitadores têm direito a recompensas. O perdão é um exercício diário, temos um prazo de validade na terra, ser inteligente emocionalmente é questão de sobrevivência.

Visualizações: 113